28 de fev de 2014

Prefeitura reativa ala de internação da Unidade Mista do Coroadinho
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Saúde (Semus), ampliou o sistema de retaguarda com a revitalização de 26 leitos da Unidade Mista do Coroadinho, nesta sexta-feira, 28.

“A determinação do nosso prefeito Edivaldo Holanda Júnior é que essa unidade recebesse reestruturação completa, como uma resposta aos anseios dos moradores, e é este o trabalho que estamos realizando com muita alegria e com novas ações a chegar. Essa unidade mista é uma referência para toda a região”, afirmou a secretária de Saúde, Helena Duailibe.

Foram realizadas adequações em toda a estrutura física da unidade de saúde que vão de reparos na parte elétrica, cobertura (telhado) à rede hidráulica. A Unidade Mista do Coroadinho faz parte de um distrito sanitário (subdivisão administrativa), composto por mais 11 unidades de atendimento. Com a revitalização, é possível um atendimento mais completo, de qualidade e conforto.

SAMU

A Unidade Mista do Coroadinho recebeu também uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Ambulância) para atuar no transporte de pacientes. O local também está preparado para atender os casos de urgência e emergência, em plantão de 24 horas, neste carnaval

“Nós realizamos cerca de 150 atendimentos por dia e mais de cinco mil por mês, precisávamos de condições estruturais dignas e nenhum gestor escutou esse pedido. Nós ficamos felizes de termos, finalmente, uma gestão que conseguiu transformar esse sonho dos moradores em realidade”, enfatizou o diretor da Unidade Mista do Coradinho, Buna Júnior.

A dona de casa Rayanne Oliveira parabenizou a ação. Ela foi a primeira paciente a ser internada na unidade de saúde após a revitalização. “Eu fico até emocionada, moro aqui desde que nasci e conheço a realidade. Estou recebendo um atendimento humano e de primeira qualidade, isso me deixa muito feliz”, afirmou.

O sentimento é compartilhado pelo líder comunitário José Conceição Pereira, que acompanhou todo o processo de reforma. “Nós estamos felizes demais. Tá tudo limpo, humanizado, bem cuidado, novo, só temos razões para sorrir”, comemorou.

A Unidade funciona ainda como urgência/emergência 24 horas, dotada de leitos para internação, laboratório e pequenas cirurgias. Além do próprio bairro, a Unidade também é referência no atendimento a pacientes de bairros como o João Paulo, Filipinho, Anil e Fátima.

27 de fev de 2014

 
Chico Gonçalves e Rodrigo Marques entregam chave da cidade para corte momesca
O Rei Momo Cosme Bruno, após receber a chave da cidade das mãos do secretário Rodrigo Marques (Governo) e do presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Francisco Gonçalves, declarou oficialmente a abertura do Carnaval de 2014 em São Luís. Com o tema “Batuca Brasil na Passarela da Folia”, o carnaval organizado pela Prefeitura de São Luís seguirá até terça-feira (4). O primeiro dia de folia teve a participação do Bicho Terra e da Máquina de Descascar Alho.
 
 “A Prefeitura de São Luís está realizando um carnaval de qualidade para a população e toda a família que participarão da festa. Desejamos que o carnaval seja seguro, marcado pela paz, alegria e que mostre a força da nossa cultura. Este é mais um compromisso do prefeito Edivaldo Holanda Júnior no fortalecimento da cultura popular de São Luís”, comentou Rodrigo Marques, após entregar a chave da cidade ao Rei Momo do carnaval de 2014.
 
Para o presidente da Func, Francisco Gonçalves, a ideia da retomada do carnaval de passarela é um esforço da prefeitura em transformar o local em um ponto de convergência das apresentações com estrutura adequada.
 
Com ação no aeroporto e Central de Informações Turísticas (Praça Benedito Leite), o secretário Lula Fylho (Turismo) está entusiasmado com a receptividade do turista. A programação do receptivo segue até sábado (1º).
 
A realização do desfile será compartilhada pela Func, União das Escolas de Samba do Maranhão (UESMA), Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos, (AMBC) e a Associação de Blocos Tradicionais do Maranhão (ABTEMA). A segurança do local será feita por 120 seguranças de empresa privada e do efetivo de 85 policiais militares.
 
Além da Func, o carnaval de passarela vai mobilizar quase totalidade da estrutura da administração municipal. Estão diretamente envolvidas com a realização da festa as secretarias de Turismo (Setur), Trânsito e Transportes (SMTT), Segurança Alimentar (Semsa), Segurança com Cidadania (Semusc), Obras e Serviços Públicos (Semosp), Urbanismo e Habitação (Semurh), Criança e Assistência Social (Semcas), Secretaria de Comunicação (Secom), Instituto de Paisagem Urbana (Impur), além do Corpo de Bombeiros, Delegacia de Costumes, Polícia Militar e Cemar.
 
A solenidade de abertura oficial do carnaval foi prestigiada pelos vereadores Manoel Rêgo (PRP), Nato (PRP), Paulo César (PCdoB) e Chaguinhas (PSB), além dos secretários municipais Lula Fylho, Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos), José Cursino (Planejamento e Desenvolvimento), Raimundo Penha (Desporto e Lazer), além do presidente do Impur, Marconi Loiola.
 
OS NÚMEROS DA PASSARELA DO SAMBA
6.000 é o público previsto para a Passarela
3.900 lugares nas arquibancadas
36 camarotes cada um com capacidade para 20 pessoas
82 agremiações desfilarão
 
60 agremiações disputarão os prêmios entre blocos tradicionais, alternativos e escolas de samba
O secretário municipal de Meio Ambiente, Rodrigo Maia, reuniu-se com o superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Fernando Duailibe, nesta quinta-feira (27). O encontro teve como objetivo alinhar ações voltadas para o licenciamento de mineradoras no município de São Luís e discutir medidas para evitar a degradação ambiental proveniente da exploração ilegal de minério.

Segundo Rodrigo Maia, a discussão contribuiu com as ações da Semmam, pois o DNPM é um importante parceiro no controle e monitoramento da extração mineral no âmbito do município. “A ideia é convergir o trabalho dos dois órgãos, regularizando a exploração e impedindo que tais atividades sejam desempenhadas em desacordo com a legislação ambiental e minerária”, comentou.

Sobre o encontro, o superintendente Fernando Duailibe disse que o DNPM está interessado na regularização da atividade mineral dentro da Ilha de São Luís. “A reunião serviu para estreitarmos laços com a Semmam para intensificar o controle da exploração mineral e coibir a clandestinidade, que infelizmente ainda continua a existir”, explicou. 

Autarquia Federal, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, e representada em todo o território nacional por superintendências e delegacias, o DNPM é responsável por promover e fomentar a exploração sustentável dos recursos minerais; fiscalizar a pesquisa, o beneficiamento e a comercialização dos bens minerais, podendo realizar vistorias, autuar infratores e impor as sanções cabíveis.


O pré-candidato a governador pelo PCdoB, Flávio Dino, concedeu na manhã desta quinta (27), entrevistas às rádios Marco FM (Açailândia) e Sertão FM (São João dos Patos), a convite das emissoras para falar sobre a construção do Programa de Governo que está sendo debatido em todo o Maranhão. Através do movimento Diálogos pelo Maranhão, Dino está construindo um extenso diagnóstico do Maranhão, com potencialidades, problemas e soluções para cada região.

Em conversa com o radialista Chico Arara, de São João dos Patos, Flávio Dino destacou a grande dedicação para a melhoria dos indicadores sociais. O pré-candidato a governador do Maranhão pelo PCdoB frisou que os rankings em que o Maranhão aparece com péssimo desempenho social “não são apenas números. Eles falam de vidas, milhares de maranhenses que precisam de mais atenção do Poder Público”.

A urgência em reverter esse quadro tem sido preocupação constante do pré-candidato e os debates que já percorreram mais de 70 cidades maranhenses têm como foco apresentar soluções para que fatores como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e outros indicadores sociais melhorem – refletindo diretamente na vida das pessoas.

A questão da Segurança Pública no Maranhão também foi abordada pelos entrevistadores. Ao repórter Daivisson da Rádio Marconi FM, Flávio Dino falou sobre a necessidade de aumentar o efetivo policial do Maranhão que, hoje, é o menor do Brasil, proporcionalmente, com 29,22 agentes para cada 100 mil habitantes.

“Ainda não existe no mundo nenhum modelo de Segurança Pública feito sem que haja policiais suficientes para atender às demandas da população. É preciso valorizá-los, estabelecer metas e qualificar a sua atuação permanentemente,” defendeu Flávio Dino.
A falta de defensores públicos no estado do Maranhão e a luta da categoria pelo fortalecimento da classe por meio da aprovação da PEC 247/2013 foram temas do discurso do deputado estadual Rubens Jr. (PCdoB), na manhã desta quinta-feira (27).

Pela proposta, a União e os estados devem garantir a presença de, pelo menos, um defensor público em todas as seções da justiça federal e em fóruns da justiça estadual, em até oito anos. De acordo com o texto, “o número de defensores públicos na unidade jurisdicional será proporcional à efetiva demanda pelo serviço da defensoria pública e à respectiva população.”.

O líder da oposição na assembleia do Maranhão destacou a importância destes profissionais para o andamento dos processos. “Onde há um juiz, onde há ações judiciais é indispensável que o estado forneça também um defensor público, é indispensável também que haja a presença do ministério público. Não há justiça sem juiz, não há justiça sem ministério público, não há justiça sem defensor, é o que diz a constituição federal.” Afirmou o parlamentar.

Ao todo, o estado conta com apenas 120 defensores, para atender mais de 300 comarcas. 59 destes profissionais atuam em São Luís, enquanto 61 estão no interior, mas com isso, algumas cidades importantes do estado do Maranhão ainda não tem um defensor. Como por exemplo: Grajaú, Barreirinhas, Buriticupú, Presidente Dutra e ao falar destas cidades, fala-se de municípios com mais de cem mil habitantes.

Rubens Jr. externou o apoio à luta da categoria. “É importante que possamos garantir a presença de um defensor em cada comarca. Não descartamos inclusive a apresentação de uma PEC estadual que obrigue o Maranhão a cumprir tal medida.”

No último dia (19), o plenário da câmara federal aprovou em primeiro turno a PEC 247/2013, como não houve unanimidade a proposta deve voltar à pauta da Casa para votação em segundo turno, após o prazo de cinco sessões de interstício, conforme regimento interno. A previsão é de que no dia 12 de março, completado o prazo das cinco sessões, a câmara volte a apreciar a PEC em segundo turno.


A página oficial da Presidência da República, que repercute os assuntos mais importantes do Governo Federal, demostrou apoio as ações da Embratur de combate à exploração  do turismo sexual durante a Copa do Mundo. Flávio Dino mandou carta para a empresa, que se comprometeu em tirar do mercado as camisas com apelo sexual.

Além da ação para evitar a venda de artigos relacionando exploração sexual de brasileiros, a Embratur trabalha em uma campanha de incentivo ]á denúncia da exploração sexual no Brasil, através do Disque Direitos Humanos.

Pelo twitter, a presidenta Dilma Rousseff (PT) destacou que o Brasil está pronto para receber turistas e também empenhará todos os esforços em combater o turismo sexual. Pelo facebook, Planalto destacou ação de Flávio Dino através de suas declarações e ações.

A iniciativa tomada pelo presidente da Embratur se deu depois que a empresa de artigos esportivos Adidas lançou no mercado camisetas para a Copa do Mundo com apelo sexual, em uma delas há  um coração que dá a impressão de  nádegas usando fio dental e a frase “I love Brazil”(Eu amo o Brasil).

 “A exploração sexual é um crime inaceitável e não pode ser confundida de forma alguma com uma modalidade de turismo. Queremos deixar claro aos nossos principais parceiros comerciais na área do turismo que o Brasil não tolera esse tipo de crime em seu território”, disse Flávio Dino.

Do Jornal Pequeno


26 de fev de 2014

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), apresentou o balanço financeiro e fiscal do terceiro quadrimestre de 2013 na Câmara Municipal de São Luís na manhã desta quarta-feira (26). A secretária Sueli Bedê (foto) apresentou o balanço positivo da Prefeitura, que melhorou a arrecadação e cumpriu as metas da Lei de Responsabilidade quanto aos gastos com Educação e Saúde e o limite prudencial de gasto com pessoal.

Estiveram presentes também na audiência pública o secretário José Cursino (Planejamento) e a equipe técnica da Semfaz. Sueli Bedê destacou a transparência das finanças do município, que deixa à disposição de todo o ludovicense os dados da arrecadação, os gastos e demais informações financeiras e administrativas. “A Semfaz deixa aberta todas as informações para que qualquer cidadão possa acompanhar as ações. A determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior é que a secretaria esteja de portas abertas ao público, dando total transparência das ações. As contas da Fazenda estão abertas a qualquer munícipe”, disse.

Dentre as ações da pasta, a secretária destacou a racionalização dos processos, que desburocratizou o andamento processual para dar respostas mais rápidas ao contribuinte. Ela também pontuou o projeto de educação fiscal, que leva a escolas de ensino médio palestras sobre tributos e impostos. Também foi lembrado o recadastramento do IPTU. A secretária pediu ajuda dos vereadores para que mais pessoas façam o recadastramento e possam obter desconto do imposto.

O limite máximo de gasto com pessoal é de 54% segundo a LRF.  O limite prudencial é de 52%. A Prefeitura de São Luís conseguiu reduzir ainda mais e encerrar o ano de 2013 com gasto de 51,57% com pessoal. O investimento em educação, que nas duas primeiras prestações de contas ainda não havia alcançado a meta de 25%, encerrou o ano de 2013 acima da meta constitucional. Foram investidos 28% em educação.

Na arrecadação, houve aumento no IPTU e no ITBI. O ISS teve redução. A aprovação do projeto de Lei do Refaz pela Câmara municipal, representou o recebimento de R$ 22 milhões em impostos, no desconto de R$ 15 milhões a contribuintes e na garantia de mais R$ 24 milhões a receber.

O vereador Pavão Filho (PDT) destacou a responsabilidade da prefeitura tanto na contenção dos gastos quanto em melhorar a arrecadação para que os investimentos possam ser incrementados em 2014. “A avaliação que faço é positiva. Se compararmos com as outras duas vezes em que a secretária esteve na Câmara para prestar contas, verificamos que a responsabilidade fiscal do governo avançou. A prefeitura respeitou o que determina a lei. Essa equipe merece nosso reconhecimento”, afirmou.

Osmar Filho (PSB) parabenizou a gestão do prefeito Edivaldo pela transparência na demonstração de como administra o dinheiro público, demonstrando aos representantes do povo todos os dados e colocando a secretaria à disposição para qualquer informação suplementar. “Temos que parabenizar essa equipe que cumpre o princípio da transparência. Esta audiência é de extrema relevância para que a população saiba como estão sendo aplicados os recursos públicos. Estamos progredindo e a cada dia, percebemos que a arrecadação irá melhorar e as políticas públicas irão chegar a mais ludovicenses”, afirmou.

Também fizeram questionamentos os vereadores Marquinhos (PRB), Pedro Lucas (PTB), Ivaldo Rodrigues (PDT), Sérgio Frota (PSDB), Ricardo Diniz (PHS) e Fábio Câmara (PMDB). A secretária Sueli Bedê respondeu a todos e se comprometeu em enviar informações adicionais ao parlamento. 

A prestação de contas quadrimestral está prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal. Esta prestação é realizada para o acompanhamento da execução financeira e orçamentária da gestão municipal. A lei determina a audiência será realizada nos meses de fevereiro, maio e setembro.

O Plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou por unanimidade o Recurso de Reconsideração apresentado pelo deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), na manhã desta quarta-feira (26). A decisão final tomada pelo TCU julga regulares todas as contas do deputado Bira enquanto Delegado Regional do Trabalho (DRT/MA).

Desta forma, o TCU corrige uma decisão equivocada anterior, e o deputado Bira do Pindaré mantém resguardados todos os seus direitos políticos. O Ministro, José Múcio Monteiro, Relator do Processo TC-006.652/2004-0, e seus pares, entre outros pontos, consideraram o fato de que as possíveis irregularidades em procedimentos licitatórios de serviço de manutenção de viaturas da DRT/MA ocorreram antes da gestão de Bira.

Bira do Pindaré exerceu o cargo de Delegado Regional do Trabalho entre 2003 e 2006 e as possíveis irregularidades aconteceram ainda na gestão de seu antecessor. Os Ministros concluíram que o deputado Bira só foi incluído na questão em razão do extravio do processo relativo a contratação de serviços, quando suas contas perante a DRT/MA já haviam sido aprovadas.

Os Ministros do TCU também se basearam na total boa fé de Bira do Pindaré quando Delegado Regional do Trabalho, uma vez que atendeu todas as orientações formuladas à época pela Controladoria Geral da União. A decisão do TCU corrige o equivoco de ter se considerado como não prestados os serviços unicamente em razão de não terem sido localizados as notas fiscais junto ao órgão da Fazenda Estadual.

Trecho da decisão final do TCU: “... a ausência de registros das notas fiscais no órgão de Fazenda Estadual levou à presunção de que a comprovação das despesas era irregular e por isso deveria ser glosada Contudo, há duas inconsistências na caracterização desse débito. A primeira é a presunção de que os serviços não foram prestados. A segunda inconsistência na caracterização do débito diz respeito ao fato de um juízo de inidoneidade das notas fiscais haver decorrido de consulta ao órgão fazendário estadual”. 

De acordo com Davi Telles, advogado do deputado Bira no Processo, a decisão anterior que foi corrigida por unanimidade dos Ministros na sessão desta quarta pelo TCU, se baseava numa presunção extremamente frágil e equivocada, uma vez que considerava, absurdamente, como não realizados serviços que foram efetivamente prestados.

A consulta em relação às notas fiscais foram feitas junto ao órgão fazendário estadual quando deveria ter sido feita no órgão fazendário municipal, pois se tratava de contrato de prestação de serviço. Logo, a alegação de notas frias era absolutamente infundada. 

“Além disso, os possíveis vícios no processo licitatório são de momento anterior à gestão do deputado Bira, que, na verdade, ao assumir procurou sana-los, acatando todas as orientações da CGU. O Tribunal reconheceu tudo isso e fez justiça”, explicou Davi Telles.
         
O deputado Bira disse que está muito satisfeito com o julgamento e que se sente aliviado. "Nunca na minha vida eu me senti tão injustiçado, mas Deus é maior. Estou feliz", declarou com enorme entusiasmo.
Em entrevista coletiva na tarde terça-feira (25), o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Flávio Dino, comentou a carta enviada à empresa Adidas em que pediu a retirada de circulação de camiseta com alusão sexual ao Brasil.

“A Embratur trabalha para combater esse tipo de caso, principalmente no que diz respeito à mercantilização e comercialização do corpo da mulher. O povo brasileiro e, especialmente, a mulher brasileira merece respeito”, afirmou Dino.

Para Dino, as empresas que querem associar sua imagem aos atrativos turísticos do Brasil durante a Copa do Mundo devem seguir os parâmetros utilizados pelo governo federal há mais de uma década.

“E dentro desses parâmetros está a não aceitação da exploração sexual e, portanto, não tratar os corpos de homens e mulheres brasileiros como atrativos turísticos”, afirmou. “Em casos como este, a primeira ação da Embratur é preventiva, de entrar em contato com a empresa responsável pela fabricação e comercialização dos produtos”.

A Embratur vai propor um encontro com Secretaria de Políticas para as Mulheres e Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República para debater a ampliação de campanha contra a exploração sexual durante a Copa do Mundo. “Vou propor que encaminhemos à FIFA uma orientação, a ser repassada aos patrocinadores oficiais, para que não utilizem o apelo sexual em seus anúncios”, afirmou Dino. A Embratur também vai propor que as empresas possam colaborar na divulgação do Disque 100.

Dino ressaltou, ainda, que a atitude do governo em repudiar e combater a exploração sexual por meio do turismo traz consequências positivas. “Isso faz com que mais empresas não produzam e muito menos comercializem produtos com essa conotação”, finalizou.

Apoio ao combate à exploração sexual 

Em mensagem enviada aos operadores e agentes de viagens do exterior, a Embratur pediu colaboração para que ajudem a denunciar suspeitas de caso de exploração sexual.  O comunicado do presidente divulgou ao trade turístico internacional o serviço Disque 100. Mantido pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos que recebe denúncias sobre violação de direitos humanos em nosso país. A mensagem orientou os profissionais a informarem seus clientes da existência do serviço e a utilizá-lo em caso de presenciar algum caso em território nacional. O objetivo é levar o Disque 100 ao conhecimento da primeira ponta da cadeia do turismo internacional, o operador que vende pacotes no exterior. 

Veja a carta endereçada à Adidas (em anexo)

Maranhão da Gente
O Relatório de Fiscalização da Controladoria-Geral da União (CGU) que apontou 32 irregularidades na gestão de Luís Fernando Silva (PMDB), durante sua passagem pela Prefeitura de São José de Ribamar, traz várias situações pitorescas. Entre elas a de uma moto que rodou, em apenas nove dias, 10.932 quilômetros, o equivalente a 1/4 do necessário para dar uma volta em redor da terra.

Os fiscais da CGU encontraram a disparidade durante a análise nas Notas Fiscais de fornecimento de combustíveis para manutenção de programas de saúde, com recursos oriundos de um convênio com o governo federal com valor de R$ 2, 6 milhões. A fiscalização constatou ainda abastecimento veículos que não estavam na relação de carros e motos à disposição da Secretaria Municipal de Saúde.

“Verificamos ainda que nos cupons apresentados consta que a moto placa HPT 4019 rodou 10.932 km no período de 03.09.2007 a 12.09.2007. Verificamos ainda que no cupom nº12318 datado do dia 04.09.2007 (53.650km) a quilometragem é superior ao registrado no cupom nº 12221 de 12.09.2007 (43.318km). Esses fatos demonstram que não há controle na distribuição de combustível e possivelmente está havendo desvio de gasolina, pois é inconcebível uma moto rodar 10.332km em doze dias”, diz o relatório (veja imagem).

As irregularidades encontradas na gestão Luís Fernando Silva (2005-2010), pré-candidato ao governado do Estado apoiado pelo grupo Sarney, são alvo de uma ação do Ministério Público Federal por improbidade administrativa. O ex-prefeito também é investigado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por convênios assinados com o governo Roseana Sarney, pagos e não executados.


25 de fev de 2014

O pré-candidato a governador pelo PCdoB, Flávio Dino, defendeu que as eleições de 2014 sejam limpas e honestas, com fim de agressões e ataques políticos sem fundamento. “Desejamos e defendemos uma campanha limpa e honesta, em que os maranhenses possam exercer plenamente seu direito ao voto”, afirmou o pré-candidato em entrevista realizada na noite de ontem (24) na Rádio Capital (São Luís).

Respondendo a perguntas feitas pelos jornalistas que conduziram a sabatina, Flávio Dino defendeu as eleições limpas, o fim das agressões e da manipulação de informações para prejudicar desafetos políticos. O pré-candidato do PCdoB afirmou que as práticas políticas da agressão e da intimidação são adotadas pelo grupo Sarney há décadas para se manter no poder no Maranhão.

“Esse sistema de agressão sacrifica a verdade em nome de interesses meramente eleitoreiros, mas o povo sabe distinguir o que é desespero dos adversários e o que é verdade,” disse Flávio Dino aos jornalistas Gilberto Lima, John Cutrim e Clodoaldo Correa.

Mesmo sob ataques constantes, Dino afirmou que não abrirá mão de posicionamentos políticos adotados desde o início de sua vida pública em nome de pressões e chantagem eleitoreira do grupo adversário. “É preciso ter fé e muita firmeza de princípios para lutar e superar esse modelo de atraso para o Maranhão,” disse.
Debate para melhorar o Maranhão

A entrevista concedida por Flávio Dino tocou também em assuntos importantes relacionados ao desenvolvimento do Maranhão. Flávio Dino defender o fim da peregrinação de maranhenses a hospitais de outros estados. Dino destacou a necessidade de formar médicos maranhenses para trabalharem no estado e atenderem as demandas locais.

Dino falou ainda sobre Segurança Pública, Desenvolvimento, Economia, Combate à Corrupção, Agricultura e outros assuntos. “O mais importante para o Maranhão é a melhoria de vida das pessoas. É preciso promover o avanço real na vida de cada maranhense,” finalizou.

A Prefeitura de São Luís antecipa para esta quinta-feira (27) o pagamento dos salários referentes ao mês de fevereiro dos servidores públicos da administração municipal. O pagamento em dia reforça o compromisso do prefeito Edivaldo Holanda Júnior de pagar os salários ainda dentro do mês.

Os servidores municipais podem ter acesso às informações dos seus vencimentos pelo portal da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), na sessão dedicada aos servidores, informando a matrícula e a senha. Ou também em todos os terminais de auto-atendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. Basta acessar a opção Outros Serviços, escolher Contracheque BB e depois informar o número da matrícula e o mês desejado do documento.

MENSAGEM DO MÊS

A frase presente no contracheque de fevereiro ressalta o trabalho da Prefeitura na área de Educação. O destaque é para o início do ano letivo no tempo certo, transporte escolar garantido com 44 novos ônibus climatizados, 650 professores contratados, mais de 200 mil livros novos para alunos da rede municipal de ensino e lançamento do maior programa de construção de creches da história de São Luís.


Design de NewWpThemes