18 de out de 2014


A REDE DE COMUNICAÇÃO BANDEIRANTE

TV BAND

At. Senhor Diretor de redação do Jornal da Band

Prezado Senhor

No dia 17 de Outubro de 2014, o Jornal da Band replicou matéria da sua afiliada na cidade de Caxias, a TV Band Caxias, com violentas afrontas à verdade sobre a realidade da mortalidade neonatal no município de Caxias

A falta de checagem das informações veiculadas e ausência de qualquer cotejamento com as autoridades municipais sobre os fatos divulgados, negando assim ouvir o “outro lado da notícia”, constitui a nosso ver agressão deliberada à liberdade de imprensa e consequentemente de informação.

Aos fatos:

O jornal da Band informou que “a cada três bebês que nascem na maternidade de Caxias, um morre. Já são 115 vítimas desde o inicio do ano. As mães acusam os médicos de negligencia”.

Nada mais falso, estes são os dados verdadeiros: De janeiro de 2014 até o dia 17/10/2014, foram realizados 2.501 (dois mil, quinhentos e um) partos, sendo 1345 (mil, trezentos e quarenta e cinco) partos normais (946 de residentes em Caxias e 399 residentes em outros municípios) e 1156 (mil, cento e cinquenta e seis) partos cesáreos (766 residentes em Caxias e 390 residentes em outros municípios).

De 1712 (mil, setecentos e doze) nascimentos ocorridos em Caxias até a presente data na Maternidade Carmozina Coutinho, ocorreram 24 óbitos neonatais, resultando em um índice de mortalidade de 1,4 % ou 14 mortes a cada 1000 nascimentos. Já com relação a gestantes oriundas de outros dos 48 municípios atendidos, em 789 nascimentos ocorridos até a presente data, foram registrados 65 óbitos neonatais, resultando em um índice de mortalidade de 8,2% ou 82 mortes a cada 1000 nascimentos.

As mães residentes em Caxias recebem atendimento pré-natal na mais completa rede pública de assistência à saúde do Maranhão, enquanto as mães que vêm de outros 47 municípios nem sempre recebem estes cuidados, resultando talvez, entre outras as razões para tal alto índice de mortalidade neonatal, mesmo assim ficando com distancia abissal “de cada três que nascem morre um” , o que daria assim justificativa para a manchete sensacionalista e descolada da realidade veiculada pelo Jornal da Band.

Mesmo considerando 115 mortes neonatais, seriam apenas 4,59% do total de 2.501 partos realizados e não a “tragédia” de 33% (um morto em cada três nascimentos) anunciada pelo Jornal da Band. A propósito se tal informação fosse verdadeira, o Ministério da Saúde já teria fechado a Maternidade Carmosina Coutinho, como fez ano passado com a maternidade Marly Sarney em São Luís. Ao contrário,  a maternidade caxiense é paradigma de atendimento e qualidade neonatal, como atesta os prêmios recebidos e que podem ser checados in loco por equipe da TV Band São Paulo, já que a TV Band Caxias não tem qualquer credibilidade em Caxias.

A propósito, a TV Band Caxias é de propriedade do Sr. Paulo Marinho, ex-deputado federal cassado por corrupção e que responde a mais de 300 processos nas esferas cíveis, criminais, trabalhistas e da família, tanto na justiça estadual como na federal, e acaba de perder a sétima eleição consecutiva na cidade. Aqui em Caxias existe um ditado “de Olho no óleo, de olho na Band”- referencia jocosa ao fato da emissora trabalhar com gerador a diesel, visto que teve a energia cortada pela concessionária elétrica com dívidas superiores a 1 milhão de reais. Como meu inimigo, as matérias de sua TV servem apenas para lançar calúnias sobre a atual administração de Caxias.

Convido V.Sas.  Enviar equipe de sua TV para que possamos demonstrar que as informações divulgadas são absolutamente falsas e que podemos provar o que afirmamos acima.

 Caxias, 18 de outubro de 2014

 Leonardo Barroso Coutinho

Prefeito Municipal de Caxias

 
Os senadores do PCdoB Vanessa Grazziotin (AM) e Inácio Arruda (CE) estiveram em São Luís nesta sexta (17) para participar de atividade em apoio à reeleição de Dilma Rousseff. Durante a visita ao Maranhão, eles falaram sobre a posição do partido em relação à continuidade dos avanços sociais nos últimos 12 anos, sobre a vitória de Flávio Dino e a importância da eleição de Dilma para o estado.
 

A defesa no apoio a continuidade do governo do PT está pautada no modelo político e de desenvolvimento das regiões Norte e Nordeste do país. Para Vanessa Grazziotin, o resultado positivo nas urnas para a presidente Dilma também representa a garantia de que o Maranhão terá parcerias com o Governo Federal.

 
“A vitória é a certeza de que o Maranhão e a administração de Flávio Dino vai ter todo o apoio necessário. Estamos empenhados em trabalhar e fazer com que a Dilma continue no poder para a gente continuar na mudança”, afirmou, lembrando que o lema utilizado na campanha de reeleição é uma das primeiras palavras de ordem do PCdoB: Avançar nas mudanças. 

 
“Essa batalha é decisiva para o país, inclusive para o Maranhão, para que a mudança não pare, em beneficio do povo, dessa transformação social que o Brasil vive, estamos muito envolvidos”, continuou.

 
Sobre a eleição histórica do Maranhão, que elegeu Flávio Dino governador, a senadora disse que a “vitória maiúscula é motivo de orgulho de todos os militantes e filiados do partido pelo primeiro governador eleito”. Agora o trabalho é melhorar política social, uma das principais bandeiras levantadas pelo governador eleito durante a campanha, para reverter os índices sociais do estado.

 
Mais força na reta final - Também cumprindo agenda no Maranhão, o senador Inácio Arruda defendeu que os governos do PT implantaram a maior política social no país e falou da importância de preservar essas conquistas. “Não podemos dar um passo para trás. O Nordeste entrou no mapa do desenvolvimento com força com Lula e Dilma e para mantê-lo nessa condição é importante a vitória de Dilma”, analisou.

 
Inácio lembrou que foi com a eleição do ex-presidente Lula que houve o maior incentivo da distribuição de investimentos no Norte e Nordeste, como exemplos, citou a retomada da indústria naval, que descentralizou as ações no Sudeste e também com a descoberta do pré-sal, com investimentos feitos para ampliar a capacidade de refino no Brasil e propôs a construção de refinarias no nordeste, que estão em construção.

 
“O Maranhão tem condições especiais, território, potencial agrícola, biodiversidade, potencial de um porto com o maior calado do país. As condições estão dadas para o Maranhão. O que faltava era um planejamento arrojado para atender as demandas sociais e, sobretudo, o desenvolvimento do estado. Essa questão deve estar casada: Flávio e Dilma. Não podemos dar um passo para trás”, disse o senador.
As lideranças políticas da Coligação Todos pelo Maranhão que apoiam a candidatura de Dilma no Maranhão realizaram na tarde desta sexta-feira (17/10) uma caminhada em favor da candidatura petista no Estado. Membros do PDT, PP, PROS, PCdoB, da "Resistência Petista" estiveram ao lado do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, os senadores Inácio Arruda (PCdoB) e Vanessa Grazziotin (PCdoB) e o ministro de Articulação Política, Ricardo Berzoini (PT), percorrendo a principal rua do comércio de São Luís em apoio a Dilma Rousseff.

Em todo o trajeto, a caminhada foi recebida com entusiasmo pela população. Para o prefeito de São Luís, a calorosa recepção é fruto do reconhecimento dos avanços promovidos pela administração petista. "Há quase dois anos, a capital tem contado com o apoio e a parceria do governo federal", disse o prefeito ao falar no apoio na reforma dos Socorrões I e II e do Hospital da Criança.

As lideranças nacionais falaram sobre a expressiva votação conquistada por Dilma no Estado e lembraram que o esforço agora é para ampliar o favoritismo. "O desafio é tornar o Maranhão o Estado que vai dar a maior votação a Dilma Rousseff", disse o senador Inácio Arruda.

Ao lado de militantes e representantes de movimentos sociais, a senadora Vanessa Grazziotin e o ministro Ricardo Berzoini ouviram manifestações pela reeleição da presidenta. "Um, dois, três, é Dilma outra vez", cantavam os militantes.

Também participaram do ato os eleitos deputados federais Rubens Jr. (PCdoB), Zé Carlos da Caixa (PT) e Waldir Maranhão (PP).

Novas atividades - O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, disse que o momento é de trabalhar com força total em prol da candidatura de Dilma. "Toda a nossa militância está mobilizada e empenhada na reeleição da presidenta Dilma Rousseff", reafirmou.

Em São Luís, as atividades em apoio à reeleição da presidente Dilma seguem neste final de semana.

No sábado (18), a programação terá início às 7h com visitas as feiras do João Paulo, Liberdade, Anjo da Guarda, Coroadinho, Cohab, São Cristóvão e São Francisco. E no domingo (19), nas feiras da Cidade Operária, Mercado Central, Cidade Olímpica, Bom Jesus, João de Deus e Mangueira, além de carreata por bairros da cidade.

17 de out de 2014

Exame

Pesquisa do instituto Sensus divulgada nesta sexta-feira mostrou o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, com grande vantagem sobre a presidente Dilma Rousseff, que tenta a reeleição pelo PT.
Segundo o levantamento, divulgado no site da revista Isto É, Aécio tem 56,4 por cento dos votos válidos (que excluem brancos, nulos e indecisos), contra 43,6 por cento de Dilma.

Na pesquisa anterior, a vantagem do tucano era um pouco maior: 58,8 a 41,2 por cento.
Pelo eleitorado total, o placar favorável a Aécio é de 49,7 a 38,4 por cento –na semana passada era de 52,4 a 36,7 por cento. Os eleitores que planejam votar em branco ou anular seus votos ou estão indecisos somam 12 por cento, ante 11 por cento no levantamento anterior. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

As pesquisas mais acompanhadas pelos analistas, Datafolha e Ibope, divulgaram na quarta-feira passada levantamentos que mostravam empate técnico, mas com vantagem numérica para Aécio.
Pelo eleitorado total, o placar favorável ao tucano era de 45 a 43 por cento; pelos votos válidos era de 51 a 49 por cento. A margem de erro das duas pesquisas é de 2 pontos percentuais.

No levantamento divulgado nesta sexta-feira, o Sensus ouviu 2.000 eleitores em 136 municípios, entre terça-feira e esta sexta-feira.

 
Foto: Veruska Oliveira
O ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ricardo Berzoini, garantiu aos empresários maranhenses que voltará ao Maranhão depois das eleições para discutir uma pauta de ações para atender reivindicações dos setores produtivos do estado. Berzoini teve uma reunião com lideranças empresariais na Casa da Indústria Albano Franco, sede da Fiema.

“Quando a eleição passar voltaremos ao estado para debater com profundidade, com os empresários uma agenda”, garantiu o ministro -chefe da Secretária de Relações Internacionais da Presidência da República.

Na ocasião, ele foi recebido por Edilson Baldez das Neves, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e O ministro falou sobre campanha eleitoral, combate a corrupção, apoio aos médios produtores rurais e industriais, turismo e assumiu o compromisso de retornar ao Maranhão depois das eleições.

Além de Baldez estiveram presentes o presidente da  Federação da Agricultura do Maranhão (Faema), José Hilton Coelho de Sousa;  o vice presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão , Marcelino Ramos Araújo;  presidentes de sindicatos patronais da indústria; deputados eleitos do PT  e representantes do Sistema “S”.   
O prefeito de Santa Inês, José de Ribamar Costa Alves (foto), se pronunciou a respeito de uma determinação partida do Ministério Público Estadual em que sugere a demissão de servidores contratados que prestam serviços à Prefeitura de Santa Inês.

Este caso alude uma Ação Civil Pública ingressada pela Promotoria de Educação de Santa Inês, que sugere a imediata exoneração de professores contratados e nomeação de concursados.

Em pronunciamento à imprensa, o prefeito Ribamar Alves disse estar ciente da determinação do MP e rebate que a contratação é de pessoas altamente capacitadas e aptas a educar e atuar na rede municipal de ensino.

Por outro lado, a maior preocupação do prefeito no momento é demitir essas pessoas que vem desempenhando um ótimo trabalho na Educação do Município, com o calendário escolar 2014 já findando.

“Faremos as demissões. Porém, nossa preocupação é não prejudicar o alunado e também os pais e mães de famílias que estão prestando esse relevante serviço ao povo de Santa Inês. Nosso Governo não persegue ninguém. Muito pelo contrário, busca dar oportunidades a todos”, enfatiza Ribamar Alves.

O prefeito adiantou que a inevitável demissão terá de acontecer, mas a Prefeitura está agindo com cautela, preocupada com o futuro das pessoas que dependem do salário que recebem pela prestação de serviços ao Município de Santa Inês.

 
A decisão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior em apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff, na avaliação de observadores políticos, revela o grau de sintonia entre o chefe do Executivo municipal e o PCdoB, partido do governador eleito Flávio Dino.

O presidente estadual e secretário de Articulação Política do futuro governo, Márcio Jerry, esteve presente na visita institucional que ministro das relações institucionais, Ricardo Berzoini, fez ao prefeito na tarde de quinta-feira e participou do jantar em que Edivaldo Júnior declarou seu apoio à candidata Dilma.

O prefeito Edivaldo Holanda e o presidente do PCdoB, inclusive, comandam hoje a caminhada no centro da cidade em apoio a candidata do PT, numa clara demonstração de sintonia.
 
O Partido Comunista do Brasil pertence à base do governo Dilma, comanda o Ministério dos Esportes e faz parte do governo  Edivaldo. Já o prefeito fez parte do Conselho Político da presidente, portanto, nada mais natural que os dois estejam no mesmo palanque na corrida presidencial.      

O advogado Rodrigo Lago será o secretário de Transparência e Controle, pasta a ser criada na gestão de Flávio Dino. Esta secretaria será responsável pelo controle interno da administração, acompanhando os contratos, apurando denúncias e fiscalizando a correta aplicação das verbas públicas.
Esta foi uma das principais bandeiras da campanha de Flávio Dino, eleito governador em primeiro turno. A Secretaria será criada sem que seja adicionado nenhum novo cargo comissionado, apenas com remanejamento de cargos já existentes.
 
Estarão integradas à Secretaria a Corregedoria Geral do Estado e a Controladoria Geral do Estado, visando fazer um governo transparente, honesto e republicano.
 
O anúncio foi feito por Flávio Dino nesta sexta (17) pelas redes sociais. Conheça o perfil do secretário.

Com destacada atuação em Direito Constitucional, Rodrigo Lago é advogado há 12 anos. Estudou Direito Constitucional no Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP.
 
É Conselheiro Federal suplente da OAB (2013-2015) e consultor da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais da OAB. Faz parte também do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB).
No Maranhão, é diretor-geral da Escola Superior de Advocacia do Maranhão – ESA-OAB/MA (2013-2015), fez parte do Conselho Estadual da OAB como presidente da Comissão de Estudos Constitucionais da OAB/MA (2010-2012). Foi também membro de bancas examinadoras de concursos para a Magistratura e Ministério Público.
O deputado eleito Humberto Coutinho (PDT) continua articulando a sucessão da Mesa Diretora da Casa, já tendo garantido o apoio de mais de 30 parlamentares das mais diversas colorações partidárias. Ele retorna hoje de São Paulo e deve acelerar as conversações.    

Nas conversas que tem mantido com seus futuros companheiros de plenário, Humberto tem destacado a importância do legislativo e garantido que todas as conquistas serão mantidas.   

Segundo uma fonte fidedigna do blog, ao tomar conhecimento da inquietação de alguns parlamentares com as questões internas da Casa, Coutinho tem alertado que qualquer mudança somente será feita se for por consenso e que será mantido o critério da proporcionalidade.

Parlamentar com fama de bom articulador, Coutinho tem confidenciado que só não admite associar sua candidatura a posições que, por acaso, alguns deputados possuam no atual governo, mas adianta que na Assembleia nada será feito sem uma ampla discussão ou consenso da Casa.

 

 


   
Jornal Pequeno
No dia 20, próxima terça, a Empresa Maranhense de Assuntos Portuários realizará a licitação para contratar a empresa de Segurança. Alguns observadores mais atentos já sabem que por aí vem bronca.

A mesma empresa é contratada há 60 meses (prorrogação além do limite legal, que é de 24 meses) pela Emap hoje mandada pelo grupo Sarney, que entre os seus possui parentes de Roseana Sarney, Lobão Filho e Gastão Vieira no comando.
O fator que gera desconfiança na tal licitação é que, para ser credenciado a participar, o empresário deve apresentar atestado de “execução de serviços de segurança e vigilância patrimonial em recinto alfandegado pela Secretaria da Receita Federal.”

Acontece que, no Maranhão, a única empresa com esse atestado é justamente a que hoje faz a segurança. Afinal, nenhuma outra teve antes a “oportunidade”.
O valor do contrato é de R$ 9 milhões e seria uma das formas do grupo continuar em setores estratégicos da empresa de maior rentabilidade para o Estado do Maranhão.

Seria uma forma de perpetuar com os antigos sobrenomes os “lucros” na tal empresa?
Abre o olho, Ted Lago…

16 de out de 2014

O prefeito Edivaldo recebeu no início da tarde desta quinta-feira (16) o ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, para tratar sobre parcerias entre governo federal e Prefeitura de São Luís. A audiência contou com participação de deputados federais reeleitos e recém-eleitos da bancada federal maranhense, como os deputados Weverton Rocha (PDT), Waldir Maranhão (PP), Zé Carlos (PT), o presidente do PCdoB, Márcio Jerry, e o vereador Pavão Filho (PDT).

Durante quase uma hora, o prefeito e o ministro conversaram sobre parcerias em andamento, com ênfase em projetos que contribuem para a melhoria da mobilidade urbana. O prefeito Edivaldo disse ao ministro Berzoini ter grandes perspectivas de ampliar a agenda conjunta com os governos federal e estadual a partir de janeiro do próximo ano.

Na avaliação do prefeito, as parcerias discutidas com o ministro Berzoini são consideradas fundamentais para transformação da cidade. “Foi uma reunião bastante positiva. Temos avançado bastante na parceria com o governo federal em nossa gestão. Temos parceria na área da educação, saúde, infraestrutura. Aproveitamos para falar da parte administrativa e pedir que as portas continuem abertas no governo federal”, disse Edivaldo.

O prefeito afirmou que o resultado do diálogo com o governo federal será mensurado em breve. São convênios para obras significativas em áreas prioritárias, como por exemplo na Saúde, que garantiram as reformas dos Hospitais Socorrão I e Socorrão II; e do Hospital da Criança; das unidades de saúde da rede municipal; a construção da Maternidade na Cidade Operária. Há outros projetos apresentados pela Prefeitura de São Luís tramitando em órgãos da administração federal.

“Tratamos de várias questões de investimentos que o prefeito havia levado ao meu gabinete na Secretaria de Relações Institucionais e demos continuidade nesta visita aos trâmites administrativos”, disse Berzoini. O ministro afirmou que veio intensificar as relações entre o governo federal e o município de São Luís em um programa de investimento.

Berzoini avaliou positivamente o trabalho que o prefeito vem realizando na cidade em setores estratégicos. O ministro adiantou que parcerias entre as duas esferas de governo poderão contribuir para realização de obras de pavimentação e também na obra de saúde e educação.
O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, por unanimidade, requerimento do deputado Bira do Pindaré (PSB) solicitando intervenção federal no Sistema Penitenciário do Estado do Maranhão.

Parlamentares dos mais diferentes partidos, presentes na sessão desta quinta-feira (16), diante do caos que tomou conta da administração Roseana Sarney aprovaram o encaminhamento da solicitação à presidente Dilma Rousseff (PT), para  que sejam efetivas as medidas para intervenção.

Segundo o parlamentar autor da proposição, o pedido atende os termos do artigo 34 da Constituição Federal, visando por termo o grave comprometimento da ordem pública instalada no Maranhão, evidenciado pelo quadro de caos na segurança pública.

O parlamentar disse que tomou a iniciativa após os inúmeros casos de fuga do complexo penitenciário de Pedrinhas e da crescente quantidade de homicídios que tomam conta do Maranhão. A ilha de São Luís, proporcionalmente tem mais assassinatos que a cidade de São Paulo e Pedrinhas ocupa o noticiário nacional como exemplo de péssima gestão e de carnificina.
O presidente da CPI dos Combustíveis, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), anunciou, na sessão desta quinta-feira (16), que o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) já foi concluído e deverá ser apresentado, no início da próxima semana, à Imprensa pelo relator, César Pires (DEM). “Um trabalho detalhado, cuidadoso e realizado com a preocupação de não atribuir culpa a alguém sem ter convicção e sem elementos de comprovação”, garantiu.

Othelino disse que, durante o período de investigação, a CPI teve depoimentos de dezenas de testemunhas, entre donos de postos, representantes de distribuidoras e da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Segundo o deputado, a Comissão tentou ouvir representantes do Conselho de Administração de Defesa Econômica (CADE), mas, infelizmente, não foi possível.

“Ouvimos também o promotor da ordem tributária, José Osmar Alves, e, enfim, uma grande quantidade de pessoas não só de representantes do setor de vendas e revendas de combustíveis, como o Ministério Público que, recentemente, fez uma investigação e indiciou diversos donos de postos que estavam envolvidos em formação de cartel em São Luís”, disse Othelino Neto em pronunciamento na tribuna.

Mercado cartelizado - O presidente da CPI adiantou que, no relatório, a Comissão detalhará as razões pelas quais, de fato, São Luís tem um mercado de combustíveis cartelizado. “Não se poderia tirar outra conclusão a não ser a de que existe uma combinação entre alguns donos de postos, não todos, mas entre alguns donos de postos, que permitiu uma unificação dos preços. Isso de forma mais acentuada e mais evidente no período a partir de abril deste ano”, revelou o deputado.

Segundo Othelino, a CPI apresentará o relatório à sociedade ludovicense e o encaminhará às instituições responsáveis pela apuração, como o Ministério Público, para que junte essas informações ao seu procedimento. Além disso, o documento será enviado à ANP, para que tome também as devidas providências na sua alçada, e, finalmente, ao CADE para que possa tomar conhecimento e as medidas cabíveis.

O deputado lembrou que o CADE anunciou, nesta semana, na Imprensa, que está conduzindo também uma investigação e que, provavelmente, acabará punindo proprietários de postos de combustíveis em São Luís e pessoas físicas.

“Enfim, o trabalho feito com muito cuidado está pronto e a Assembleia sinalizou muito bem para a sociedade com um assunto que incomodava a todos, que era o aumento abusivo dos preços dos combustíveis. Assim, esse Parlamento deve se comportar sempre com sensibilidade, com os ouvidos e os olhos atentos às demandas e aos anseios da sociedade maranhense”, finalizou Othelino Neto.  
 A Promotoria de Justiça da Comarca de Santo Antônio dos Lopes ingressou, no último dia 7, com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra Eliomar Alves de Miranda e Roberval Campelo da Silva, ex-prefeito e prefeito de Capinzal do Norte, respectivamente. Capinzal do Norte é Termo Judiciário da Comarca de Santo Antonio dos Lopes.

A ação foi motivada por uma dívida, de quase R$ 1,8 milhão, do Município junto à Companhia Energética do Maranhão (Cemar). Os valores referem-se a um acordo firmado entre a prefeitura e a Cemar em setembro de 2010, além de contas em aberto do período de maio de 2012 a junho de 2013.
 
Autor da ação, o promotor de justiça Julio Aderson Borralho Magalhães Segundo ressalta que a inadimplência vem gerando uma enorme dívida em juros e multa, além da possibilidade de suspensão no fornecimento do serviço, o que já aconteceu e foi revertido por decisão judicial. O promotor também observa que, embora no processo existam acordos e confissões de dívida, em momento nenhum o Município apresentou as leis orçamentárias com a previsão dos pagamentos.
 
“Quando os réus frustraram o devido pagamento à concessionária de energia elétrica, incorreram em improbidade, pois agiram de forma negligente no que diz respeito à conservação do patrimônio público”, afirma, na ação, Julio Magalhães Segundo.
 
Caso sejam condenados por improbidade administrativa, Eliomar Alves de Miranda e Roberval Campelo da Silva estarão sujeitos ao ressarcimento integral do dano, à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por três a cinco anos, ao pagamento de multa de até 100 vezes a remuneração recebida no cargo de prefeito e à proibição de contratar ou receber qualquer tipo de benefício do poder público pelo prazo de três anos.
Rosângela Curado e Madeira aprovaram indicação de Clayton Noleto
Sebastião Madeira (PSDB), prefeito de Imperatriz, foi uma das lideranças políticas que aprovaram a indicação de Clayton Noleto para comandar a Secretaria de Infraestrutura no Governo do Flávio Dino. “Tem competência comprovada, visão global, capacidade de articulação e liderança conhecida na Região Tocantina,” avaliou.

A revelação de que Clayton Noleto será responsável pela pasta foi comemorada em todo o Maranhão. Para o prefeito Madeira, a Região Tocantina se sente representada por ter sido contemplada em uma pasta importante do Governo. “Temos a sensação de que o Governo vai olhar para a nossa região. Clayton tem a confiança do Governador e também da nossa cidade”, disse.

Liderança na região, Rosângela Curado (PDT) também manifestou-se positivamente quando soube da indicação. Ela pontuou o perfil técnico, político e de renovação que atende diretamente ao critério da valorização regional.

“Sua ascensão a um cargo tão importante do novo governo além de representar a cara nova de um novo governo sinaliza o primeiro gesto de atenção do governador Flávio Dino para todas as regiões”, acrescentou.

O vereador Carlos Hermes falou na tribuna da Câmara Municipal de Imperatriz também sobre a indicação, destacando o reconhecimento de Flávio Dino que sinaliza para a valorização de todas as regiões, fazendo com que o Governo saia do Palácio. Na próxima terça-feira (21), o parlamentar apresentará uma moção de aplausos pela escolha do novo secretário.

 

 

O novo comunicado feito por Flávio Dino nas redes sociais revelou o próximo comandante da Secretaria de Infraestrutura do Maranhão. Empresário e professor na Região Tocantina, Clayton Noleto chefiará a pasta responsável pelas obras físicas estruturantes do Maranhão.

Este é o quinto nome apresentado pelo governador eleito para gerenciar o Estado a partir de janeiro de 2015. Conheça o perfil do próximo secretário.

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA – CLAYTON NOLETO

Administrador de empresas na Região Tocatina, Clayton Noleto é especialista em Planejamento Estratégico. Com forte atuação no setor privado, Noleto foi professor e instrutor Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), nas áreas de Gestão e Planejamento.

Habilitado pelo programa Empretec como empreendedor, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU), Clayton Noleto é também historiador e bacharel em Direito. Foi coordenador da coligação “Todos pelo Maranhão” em apoio à candidatura de Flávio Dino na Região Tocantina.

Assumindo a pasta da Infraestrutura do Governo do Estado, Clayton Noleto deverá conduzir as obras viárias e transporte do estado.
A direção do Sistema Mirante de Comunicação, mais precisamente de o jornal O Estado do Maranhão, escolhe entre os jornalistas Antônio Carlos Lima (‘Pipoca’), assessor de comunicação do Ministério de Minas e Energia, e Zeca Pinheiro, Secretário de Comunicação no governo Jackson Lago, o substituto do jornalista Ribamar Correa, que está deixando a direção de Redação do matutino após ocupar o cargo durante vários anos.

Ribamar Correa pediu para sair em meio a uma onda de demissões que estourou essa semana no Sistema Mirante, de propriedade da família Sarney, dirigido pelo casal Teresa/Fernando Sarney.
 
Antes de anunciar o nome do novo Diretor de Redação de O Estado, o que estaria previsto para esta quinta-feira, a família Sarney terá que resolver uma pequena disputa interna. ‘Pipoca’ tem a preferência de Fernando Sarney e Zeca Pinheiro, a do senador José Sarney, com quem o jornalista trabalhou, no Senado Federal, depois da cassação de Jackson Lago. (Jornal Pequeno)
 
 
O PCdoB no Maranhão sai das eleições 2014 ainda mais fortalecido. Além de eleger o primeiro governador da sigla, o partido levou três nomes à Assembleia Legislativa e um à Câmara Federal. Para o Secretário de Organização do partido, Etelvino Oliveira, o crescimento e fortalecimento da legenda foi fruto de um trabalho intenso em prol das causas democráticas.

“Esse resultado está intimamente ligado ao projeto político-eleitoral que o PCdoB encabeçou no Estado”, disse o militante que presidiu o partido no Estado por dois anos e que compõe os quadros partidários desde a década de 1970.

A trajetória do partido no Maranhão acumula várias conquistas, expansão e reconhecimento político. Com protagonismo na luta pelo fim do modelo político oligárquico, a legenda esteve no centro do “Partido do Maranhão” – que representou a união de 9 partidos pela superação do modelo de política oligárquica que se instalou no Maranhão.

Com 92 anos de história de lutas e contando com mais de 100 vereadores, 15 vice-prefeitos, 5 prefeitos e 3 deputados estaduais, pela primeira vez elegeu três nomes para o Parlamento Estadual e um para a Câmara Federal, além do comando do Poder Executivo.

Essa trajetória representa a participação ativa da legenda na luta em favor dos trabalhadores e por melhores condições de vida a todos os cidadãos do estado.

 

15 de out de 2014

O deputado reeleito Raimundo Cutrim (PCdoB) vai processar a governadora Roseana Sarney pelos crimes de flagrante forjado, interceptação telefônica e denunciação caluniosa.

O parlamentar viajou, nesta quarta-feira (15) à Brasília para apresentar a denúncia ao Superior Tribunal de Justiça.
Cutrim foi violentamente atacado durante a campanha eleitoral, teve todos os seus cabos eleitorais cooptados, mas para a decepção da governadora, o parlamentar conseguiu a reeleição e agora foi pessoalmente protocolar a denúncia no STF. 
 
 Nesta quarta-feira (15), Dia dos Professores, o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) utilizou o pequeno expediente da Assembleia Legislativa para denunciar a paralisação das aulas em uma Escola de Ensino Médio da cidade de São José de Ribamar.

O parlamentar, que também exerce o cargo de Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa Legislativa, esteve em reunião, na noite da última terça-feira (14), com professores, servidores e pais de alunos da Unidade Escolar Cidade de São José de Ribamar (CAIC), no Bairro do São Raimundo, em São José de Ribamar.

Na oportunidade, foi relatado ao deputado Bira os fatos que levaram os funcionários e os estudantes decidirem pela paralisação das atividades na escola. Na semana passada, houve um tiroteio dentro da escola, dois estudantes um de 16, outro de 17 anos foram alvejados por balas. Por conta da situação de insegurança, os professores, servidores e estudantes paralisaram as atividades e pediram providências da Secretaria de Segurança e da Secretaria de Educação do Estado. 

De acordo com Bira, os trabalhadores ainda não receberam nenhuma resposta da Secretaria de Educação, muito menos da Secretaria de Segurança Pública do Estado. “Numa situação como essa, nós sabemos que há uma complexidade que qualquer medida emergencial não vai ser capaz de contornar o problema, porque o problema é muito mais grave, o problema da segurança pública hoje no Maranhão é muito mais grave”, protestou Bira.   

A comunidade escolar apresentou uma pauta de reivindicações ao deputado Bira. Dentre outros pontos, a comunidade cobrou a construção do muro da escola; uma ronda policial mais efetiva na escola e no bairro; cobram também uma reforma urgente na estrutura da escola que está depredada; um aumento do quantitativo de vigias; vídeo-monitoramento na escola; uma resposta efetiva da Secretaria de Segurança.
 
 
O socialista anunciou que solicitará uma audiência com o secretário de educação e com o secretário de segurança para tratar da temática. “Vou homenageá-los na luta dos professores e professoras do CAIC de São José de Ribamar, que estão travando uma luta concreta agora, pedindo segurança pública na escola. Nós não podemos simplesmente silenciar diante de um acontecimento tão grave”, concluiu.
Design de NewWpThemes