26 de abr de 2014

Nova unidade de neurocirurgia inaugurada pelo prefeito Edivaldo
O prefeito Edivaldo Júnior inaugurou neste sábado (28) a primeira unidade especializada em Neurocirurgia da rede municipal de saúde, no Hospital da Mulher. Acompanhado da secretária de Saúde, Helena Duailibe, ele também abriu o “Dia D” da vacinação contra gripe no Centro de Saúde Yves Parga, na Vila Maranhão, e estendeu a agenda de avanços na saúde entregando à comunidade o Laboratório de Análises Clínicas do Centro de Saúde Yves Parga.
 
“Esse é um momento importante com mais um avanço na área da saúde. A implantação desta unidade exclusiva de neurocirurgia vai melhorar o atendimento prestado à população e desafogar os Socorrões, além de mantermos todas as especialidades já disponibilizadas para as mulheres no hospital. Enfim. é mais um passo de muitos que temos dado na concretização de medidas efetivas para a melhor gestão da saúde de nossa cidade”, disse Edivaldo Júnior. 
 
O atendimento especializado e de alta complexidade em Neurocirurgia conta com quatro salas de enfermaria e 11 leitos, além de cinco leitos de unidade de cuidados intermediários e centro cirúrgico. Equipamentos modernos e ambiente totalmente climatizado garantem o conforto e a segurança dos pacientes.
 
Helena Duailibe acredita que a ação trará resultados em curto prazo. “Estamos inaugurando hoje o serviço de neurocirurgia de alta complexidade no Hospital da Mulher para tirar os pacientes com aneurisma, tumores cerebrais, traumatismo raquimedulares dos Socorrões, ampliando nossa rede de retaguarda”, destacou a secretária Helena. Ela destacou também as parcerias com a Santa Casa e Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão na abertura de leitos de retaguarda. 
LABORATÓRIO
 
Na Vila Maranhão, Edivaldo Júnior reinaugurou o Laboratório de Análises Clínicas do Centro de Saúde Yves Parga. Com a entrega da nova estrutura, o laboratório vai atender até 160 pessoas por dia e receberá a demanda do Laboratório Central. O Centro de Saúde Yves Parga oferecerá exames clínicos de sangue, urina, fezes e glicemia, além de nebulização, clínica geral, imunização, aferição de pressão e odontologia com limpeza, extração e obturação.
 
O centro, localizado na zona rural de São Luís, atende ao menos oito comunidades, como Vila Maranhão, Alto Bonito, Sitinho, Sítio São Benedito, Taim, Limoeiro, entre outros.
A secretária Helena Duailibe entende o Laboratório do centro Yves Parga como mais um passo no avanço da melhoria dos serviços da saúde ofertada pelo município pela facilitação do acesso. “As pessoas vão poder coletar o material perto de sua casa para realizar exames. Esse é um avanço muito importante na reorganização do sistema de saúde, principalmente, na atenção primária”, orientou Duailibe. “Trata-se de uma população que necessita de serviços como este e isso passará a ser feito com maior agilidade e rapidez”, acrescentou o diretor do centro de saúde, Firmino Cunha.
 
Durante esta primeira semana os servidores do centro passarão por cursos de capacitação. Nos casos em que os exames não sejam disponíveis, serão encaminhados pela a Central de Marcação de Consultas (Cemarc).
 
VACINAÇÃO
Edivaldo Júnior acompanhou vacinação na Vila Maranhão
No “Dia D” da vacinação contra gripe, o prefeito conclamou os pais, mães e pessoas de grupos específicos da cobertura para procurar os postos de vacinação e garantiu que há vacinas suficientes para cobrir a meta do Ministério da Saúde. A meta da vacinação em São Luís é imunizar contra a H1N1, 205.893 pessoas.
 
A campanha de vacinação, iniciada no dia 22 de abril, se estenderá até o dia 9 de maio. No “Dia D”, a Semus instalou 225 postos de vacinação no município de São Luís, incluindo shoppings, terminais rodoviários, escolas e em pontos abertos em parcerias que se dispuseram a colaborar com o alcance da meta. Até o término da campanha, 66 postos estarão funcionando regularmente durante a semana, das 8h às 12h, e das 14h às 18h.
 
“Esse é a saúde que nós queremos. É a saúde preventiva que precisa ser cada vez mais incentivada. Esse é um passo importante hoje porque sabemos que a vacinação contra gripe é importantíssima para evitar pneumonia e hospitalização”, ressaltou a secretária Helena Duailibe.
Pela terceira vez Antonia Severa Oliveira, 64 anos, moradora do Sitinho, procurou o Centro de Saúde Yves Parga para se imunizar contra a gripe H1N1. “Todo ano eu tomo e nunca fico gripada”, exaltou Antonia.
 
Também acompanharam o prefeito nas solenidades o secretário Robson Paz (Comunicação), o presidente do Impur, Luiz Carlos Borralho, as diretoras do Hospital da Mulher, Natália Ribeiro Mandarino e Francisca Supero Duarte, o ex-prefeito de Paço do Lumiar, Raimundo Filho, os vereadores Osmar Filho (PSB), Edmilson Jansen (PTC), Manoel Rêgo (PTdoB) e Josué Pinheiro (PSDC), além do vereador luminense Miau (PCdoB).

O movimento Diálogos pelo Maranhão fez mais um final de semana em debates com a população. De volta à Região do Baixo Parnaíba, o pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) apresentou à população de Santana do Maranhão, Paulino Neves e Tutoia a proposta inicial de Programa de Governo apresentada na última quarta (23) em coletiva de imprensa em São Luís.

O desenvolvimento social, o estímulo à produção e ao turismo da região foram defendidos por Flávio Dino durante as edições do movimento Diálogos nesta sexta (25). Reunindo movimentos sociais e classe política de dezenas de cidades da região, Flávio Dino ouviu as principais demandas da população de cada município. Representantes dos trabalhadores rurais, pescadores, professores , religiosos e trabalhadores da Saúde discutiram formas de investir em desenvolvimento social para a população do Baixo Parnaíba.

Em Santana do Maranhão, o incremento à produção agrícola e a falta de professores nas escolas foram temas levantados pela população local como os mais urgentes de serem resolvidos. Dino afirmou que a Educação deve ser a prioridade para um Governo que tenha visão de longo prazo para o desenvolvimento do Maranhão. “Sou professor e conheço o dia-a-dia da sala de aula; essa experiência de vida me mostrou que a Educação é a maior prioridade de um Governo que pensa no futuro,” disse.

Representantes do município relataram ainda a situação dos maranhenses que precisam sair do estado para buscar oportunidades em outros municípios. “A realidade dos maranhenses não é fácil. Precisamos gerar riquezas internamente incentivando a produção e fazer com que ela chegue à casa das pessoas,” disse o pré-candidato a senador, Roberto Rocha (PSB).

As propostas para o Desenvolvimento do Maranhão foram defendidas por diversas lideranças que acompanharam a comitiva do movimento Diálogos. O deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) relembrou pontos importantes das 53 propostas da prévia do Programa de Governo apresentado por Flávio Dino. Os pontos relacionados ao desenvolvimento social e à Segurança Pública foram destacados pelo parlamentar.

Os deputados Bira do Pindaré (PSB) e Domingos Dutra (SDD) acompanharam a reunião em Santana, além de vereadores, presidentes de sindicatos e lideranças locais.

Turismo e Desenvolvimento em Paulino Neves e Tutoia

Cidades conhecidas por seu grande potencial turístico e pesqueiro, Paulino Neves e Tutoia também foram visitadas pela comitiva do movimento Diálogos pelo Maranhão. Os municípios ficam no litoral leste maranhense e são a porta de entrada para os turistas que visitam a Rota das Emoções, nos litorais do Ceará, Piauí, Maranhão e chegando até os Lençois Maranhenses.

O exemplo de Tutoia é emblemático para o Maranhão. Os turistas que vêm do Ceará e Piauí pelo litoral têm como primeiro contato com o estado as cidades do litoral Leste. Para incrementar a organização do turismo no estado, são necessárias a promoção da infraestrutura portuária e das cidades. Estes foram alguns dos apelos feitos pelo prefeito de Paulino Neves, Raimundo Lídio, que acompanhou as visitas feitas às cidades do litoral Leste.

Assim como estas, questões ligadas ao cotidiano da população da cidade foram amplamente debatidas durante os debates do movimento Diálogos. Vereadores e representantes de entidades civis destacaram a falta d’água diária nas casas do município, bem como a dificuldade no atendimento hospitalar.

O vereador José Orlando (PSB) falou sobre a esperança em dias que o Maranhão conseguirá desenvolver suas potencialidades, tanto interna quanto externamente. Promovendo políticas públicas para a população residente e investindo no potencial turístico do litoral e dos Lençóis Maranhenses, é possível trazer mais desenvolvimento a quem mora no Maranhão e incentivar a vinda de mais turistas ao estado.

Durante os debates, Dino afirmou que grande parte das políticas públicas que ainda não são implementadas no estado poderão passar a existir com a existência de um Governo que combata fortemente a corrupção. Para isso, Dino apresenta como proposta a criação da Secretaria da Transparência e Controle do Estado: “Dizer não à impunidade é dizer sim ao desenvolvimento,” afirmou em Tutoia.

A caravana seguiu durante o fim de semana para os municípios de Buriti, Duque Bacelar e Timo, com a presença dos deputados federais Simplício Araújo (SDD), Waldir Maranhão (PP) e Domingos Dutra (SDD); e dos deputados estaduais Raimundo Cutrim (PCdoB), Othelino Neto (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB) e Marcelo Tavares (PSB).
SEM IDEOLOGIA, MAS COM EMPREGO

Ideologia parece não ser problema para o atual secretário de transportes de São Luís, Canindé Barros, quando se trata de assumir um cargo. Já serviu aos governos de Tadeu Palácio, João Castelo e agora ao governo petecista de Edvaldo Holanda Junior.

O multi-ideológico secretário Canindé Barros só precisa ser um pouco mais cuidadoso com o dinheiro público, do que o foi nas vezes anteriores em que ocupou a mesma Secretaria de Transportes do Município.

Canindé Barros foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado, em março de 2013, a devolver mais de meio milhão de reais, por irregularidades graves cometidas nas contas do Fundo Municipal de Transporte de São Luís, no ano de 2007, na administração Tadeu Palácio.

Dentre as irregularidades, os auditores do TCE constataram ausência de processo licitatório no valor de R$ 1.007.995,60, e ainda contratação irregular de empresa para fornecimento de combustíveis no valor R$ 792.126,41.

FALTA POUCO


A presidente Dilma afirmou que “nada, nem ninguém vai conseguir destruir a Petrobras”. Mas com mais um pouquinho mais de esforço ela e os companheiros do PT chegam lá.

Se tem alguém que conseguiu destruir com muito sucesso a Petrobras até aqui, foi exatamente o uso político operado pelo PT e seu condomínio de parceiros fisiológicos. Depois, é bom mandar a conta para a Polícia Federal.

A PERDER DE VISTA


Realmente o judiciário brasileiro é feito para não funcionar. Passados 22 anos do impeachment do ex-presidente e atual senador Fernando Collor ( PTB), o Supremo Tribunal Federal o julgou no dia 24.04, por crime comum ocorrido nos tempo da “República das Alagoas”.

As acusações remontavam aos anos de 1990 a 1992. Collor foi absolvido por faltas de provas.

COMPANHEIRO DE BANCADA

No outro lado da fita está o senador pelo PT do Rio de Janeiro, Lindberg Farias, presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), em 1992, que foi a grande estrela do movimento que levou à derrubada de Collor em 1992, os “caras-pintadas”. Após o movimento, Lindberg soube fazer bom proveito da fama conquistada como líder estudantil: elegeu-se deputado federal, prefeito por dois mandatos na cidade de Nova Iguaçu (RJ), a senador em 2010, e já lançou sua pré-candidatura a governador do Rio de Janeiro.

Agora o senador do PT enfrenta a acusação do mesmo crime do qual Collor foi acusado: peculato. As acusações, segundo constam da denúncia do Procurador-geral da República, dizem respeito à contratação de empresa de publicidade que fez sua campanha de prefeito em 2004, que teria sido contratada por Lindberg, já prefeito, para fazer a publicidade da prefeitura a partir do ano seguinte quando Lindberg foi prefeito de Nova Iguaçu.

No entanto, Lindberg Farias responde a inúmeros outros processos no Supremo Tribunal Federal, que vão desde acusação de fraudar licitações, peculato, sonegação de informações, do tempo em que foi prefeito de Nova Iguaçu. O senador do PT responde a cerca de 15 processos no Supremo, entre ações penais e inquéritos. A ironia é que Lindberg hoje é réu com as mesmas acusações que ele ajudou derrubar Collor.

MENTIRA TEM PERNAS BEM CURTAS

Na manhã da última quinta-feira, dia 17/04, soou como uma verdadeira bomba na imprensa oligarca uma nota na coluna do jornalista Claudio Humberto, em que era citada uma pesquisa em que o pré-candidato do grupo Sarney, Edinho Lobão, estaria “na cola” do pré-candidato do PC do B, Flávio Dino, na corrida ao governo do Estado. Em questão de instantes, a nota foi replicada quase de forma viral nos blogs alinhados à Oligarquia.

Para combater o vírus, quase instantaneamente, o presidente do PC do B estadual, Marcio Jerry, emitiu nota desmentindo a existência de tal pesquisa, desmontando o factoide. E os blogueiros a serviço da oligarquia retiraram a postagem tão rápido quanto a colocaram. Na sexta-feira santa, o próprio jornalista Claudio Humberto se retratou em sua coluna diária.

AS FAMÍLIAS SE ENTENDEM

As relações das famílias Sarney e Lobão não se limitam apenas à política, embora a partir dela se chegue à mutua atração familiar. Os laços financeiros os atraem mais ainda.

A empresa Hytec Construções e Incorporações, de Luciano Lobão, filho do ministro Edison Lobão, abocanhou do governo Roseana Sarney, em 2013, nada menos que R$ 34.357.872,08.

De fato, as família Sarney e Lobão nutrem um amor fraterno pelo dinheiro público.

PADRÃO-FIFA

E enquanto o governo Dilma Houssef inaugura estádios para a copa do mundo tão luxuosos quanto àquele do bilionário time de beisebol americano dos Yanks, de Nova York,  o Brasil está em último lugar no ranking de serviços de saúde, de um total de 48 países analisados. Está atrás de países como Colômbia, Equador, Venezuela, Argélia, Turquia, República Dominicana.

O levantamento foi realizado pela revista Bloomberg, especializada em economia, e os critérios utilizados foram expectativa de vida, média do custo do serviço de saúde e quanto esse custo representa comparado ao PIB per capita de cada país. Priorizam-se estádios, e renegam a saúde ao último degrau de prioridade.

PURA SANDICE

Para tenta levantar o moral da tropa de choque da Oligarquia, ante os números da pesquisa DATA M para o governo do Estado, em que Flávio Dino aparece com mais de 62%, e Edinho Lobão com apenas 12,02%, surgiram sandices como alegar que o filhote da Oligarquia teria crescido à media de 1% ao dia. Seguindo esse raciocínio genial, Edinho Lobão chegará ao dia 05 de outubro com cerca de 160% dos votos.

É de conhecimento elementar que o candidato de qualquer máquina do governo, quando lançado, já tenha um percentual, ainda que irrisório. Se Edinho, com a força do governo federal, do governo do estado e o nome do pai, ministro Edison Lobão,  não conseguisse capitalizar nem mesmo os magros 12% nesta fase inicial, seria melhor jogar a toalha logo e se retirar da disputa.

25 de abr de 2014

As tendências integrantes do movimento Resistência Petista divulgou nota oficial, no início da noite de hoje (25), anunciando que está fora do Encontro Estadual do Partido, aberto na noite de hoje, que vai definir sobre as estratégias para as eleições 2014 e política de aliança. O evento será encerrado amanhã. Abaixo a íntegra do manifesto.

Companheiros e companheiras,

Depois de inúmeras  tentativas de buscar um entendimento para construirmos uma alternativa que resgatasse o PT do Maranhao para sua identidade de lutas e alianças com movimentos sociais, nós da  Resistência Petista na Luta, após reunião hoje em conjunto com outros grupos e militantes  contrários  ao apoio do PT para Edinho Lobão e considerando que:

1) O quadro de delegados ao Encontro de Tática não reflete o resultado do PED, cuja legitimidade foi duramente questionada por aqueles que sentiram-se prejudicados com a "extinção" do 2 turno;

2) Que não existe condições de equidade para disputa de opiniões divergentes. Tratando-se, portanto, apenas de um Encontro para homologar apoio a Edinho Lobão;

3) Que não houve nenhuma garantia de que em havendo resultado diverso de apoio a Edinho Lobão essa decisão seria respeitada,  assim como não foi respeitada em 2010, quando a maioria decidiu apoiar Flavio Dino, DECIDIMOS:

1) Não participará do Encontro de Tática Convocado Pelo Grupo que apoia aliança do PT com PMDB/Edinho Lobão. Não queremos ser usados apenas para legitimar uma decisão que contraria os interesses do PT no estado e cuja inequívoca manifestação ja foi dada desde 2010;

2) Concentrar esforços na organização da campanha dos petistas em apoio a Flávio Dino  a partir do Comitê Eleitoral Estadual e comitês municipais Dilma presidente e Flávio Dino governador.

São Luis, 24 de Abril de 2014.

RESISTENCIA PETISTA NA LUTA
Em março, 21 mil pessoas foram recebidas para tratamento
nas mais diversas áreas médicas disponibilizadas na unidade
A Prefeitura de São Luís registrou um número recorde de atendimento na Unidade Mista do Itaqui-Bacanga no mês passado: 21 mil pessoas foram recebidas para tratamento nas mais diversas áreas médicas disponibilizadas na unidade e este mês o número já supera a marca. O hospital fica estrategicamente localizado em uma das áreas mais populosas da capital.

Os números refletem as ações planejadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior para aperfeiçoar o atendimento e ampliar os serviços da rede municipal de saúde. A diretora geral do hospital, Natália Ribeiro Mandarino, destaca o avanço no atendimento clínico-ambulatorial. Segundo ela, a Unidade Mista do Itaqui-Bacanga tem sido uma referência no serviço de urgência 24 horas, na região. “Temos a constante preocupação de não voltar ninguém para casa sem o atendimento necessário”, afirmou a Natália Ribeiro.

O alto índice de atendimento à população é traduzido pelas dezenas de serviços especializados oferecidos na unidade, muitos deles considerados raros, como o do setor de Nefrologia, que acolhe pacientes com complicações renais. Ao todo, a especialidade recebe 30 pacientes por semana. O hospital possui dois médicos clínicos gerais atendendo durante o dia e outro no plantão noturno. Ao todo, disponibiliza 26 leitos de internação e seis de observação.

O hospital conta ainda com atendimento ambulatorial nas áreas de cardiologia, pediatria, angiologia, clínica geral, endocrinologia, ginecologia e enfermagem. Possui laboratório funcionando 24 horas para exames clínicos de emergência, testes rápidos de HIV e dengue, exames radiológicos e atendimento de imunização.

Outro importante benefício oferecido à comunidade é a Central de Marcação de Consultas localizada dentro da unidade, o que facilita o agendamento de procedimentos médicos sem que a população saia do bairro.

Conforme a diretora Natália Ribeiro, a unidade destaca-se ainda por ser a única a atender de segunda a segunda, no setor de curativos. A gama de serviços ofertados na unidade inclui atendimentos especiais a pacientes com tuberculose e hanseníase, oferecendo desde os exames específicos para detecção do problema até o tratamento da doença.

AÇÕES

Neste sábado (26), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e a secretária de Saúde, Helena Duailibe, entregam à população o laboratório do Centro de Saúde Yves Parga, na Vila Maranhão, e participam do dia D da vacinação contra a gripe.

O laboratório oferecerá serviços como exames clínicos de sangue, urina, fezes e glicemia e tem capacidade de atendimento diário de até 160 pessoas. O novo espaço integra o conjunto de ações que serão implementadas para aumentar a eficácia dos serviços do Centro Yves Parga. A partir da próxima segunda-feira (28), o setor de nebulização da unidade será reativado.

Também neste sábado o prefeito visita o Hospital da Mulher, onde um novo serviço para a população será iniciado: a Unidade Referenciada em Neurocirurgia.  A ala de Neurocirurgia de alta complexidade conta com 11 leitos de enfermaria e cinco leitos de UCI (Unidades de Cuidados Intermediários), além de equipamentos modernos e ambiente totalmente climatizado, garantindo conforto e segurança aos pacientes. A abertura do setor visa à otimização do atendimento da rede de urgência e emergência, desafogando os Socorrões e reduzindo as macas nos corredores.
Em coletiva de imprensa realizada na manhã de quarta-feira (23), o pré-candidato a governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB) destacou a participação da população na construção das 53 Propostas para um Maranhão com Desenvolvimento e Justiça Social. As diretrizes que servirão de base para a Proposta de Governo foram organizadas a partir do Movimento Diálogos pelo Maranhão que, em pouco mais de um ano, reuniu mais de 30 mil pessoas em 100 municípios de todas as regiões do estado. 

“Esse documento é fruto de uma grande mobilização social em todo o estado num sonho conjunto de busca de mais justiça social. Buscamos, com isso, promover desenvolvimento com justiça social”, explicou Flávio Dino. Ele apresentou todas as propostas e a fonte de recursos para a implantação de cada uma delas. 

Para Roberto Rocha (PSB), pré-candidato ao Senado pela oposição, defendeu a participação popular para a elaboração das diretrizes das Propostas por um “Maranhão de Todos Nós”. “É preciso a alternância de poder para que as pessoas se destaquem na sociedade. Esse aqui é o primeiro passo para um governo democrático e que ouve as pessoas. Lançamos as ideias colhidas durante os debates no Diálogos pelo Maranhão e continuaremos conversando sobre o estado nos próximos eventos”, disse.

A apresentação das propostas foi acompanhada por lideranças políticas e entidades civis da capital e interior do estado. O vice-prefeito de Imperatriz, Pastor Porto (PPS), os deputados estaduais Marcelo Tavares (PSB), Raimundo Cutrim (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Carlinhos Amorim (PDT), os dirigentes de partidos Julião Amin (PDT), Paulo Matos (PPS), Márcio Jerry (PCdoB), Wagner Lago (PPS), Zé Vieira (PROS), Márcio Jardim (PT Nacional) e Lúcia (PTC) estiveram presentes na coletiva de imprensa. 

CONHEÇA AS PROPOSTAS

As diretrizes destacam ações nas áreas da Saúde, Educação, Segurança, Moradia e Desenvolvimento Econômico. O texto aborda ainda a adoção de um governo pautado no planejamento de ações, cumprimento de metas, através de uma gestão administrativa honesta, transparente e competente, com valorização real dos servidores públicos. 

Durante a apresentação, Flávio Dino explicou como será o financiamento dessas ações. Entre os pontos destacados estão o combate à corrupção e gastos excessivos de autoridades governamentais, a captação eficiente de recursos federais, reorientação do orçamento estadual, de acordo com as novas prioridades; crescimento da arrecadação tributária, sem aumento de impostos; entre outros. 

O documento aponta como prioridades o incentivo à produção no campo, com a reestruturação de todo o sistema administrativo de apoio e assistência técnica à agricultura familiar, com destaque à Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão – AGERP e ao ITERMA. 

Flávio Dino defende a criação das Universidades estaduais regionalizadas, com orçamento próprio, autonomia administrativa, com ampliação do número de vagas públicas e gratuitas. Outra proposta apresentada mostra a preocupação em promover educação profissionalizante como prioridade do sistema.

Também presente nas propostas, a viabilização de 200 unidades habitacionais em parceria com o Governo Federal, através do Minha Casa, Meu Maranhão. O documento também aponta ações para a Saúde e Segurança. No primeiro, aumento da oferta de vagas no curso de Medicina da Uema, melhoria do acesso à atenção básica para a população, criação do Mais Médicos Estadual, com garantia aos médicos de uma carreira bem remunerada. 

Para a segurança, a implantação ao Pacto Pela Vida que estabelecerá um novo modelo de governança da segurança pública no Estado. A proposta de Flávio Dino é de construir as ações de forma pactuada com a sociedade, em articulação permanente com o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública, a Assembleia Legislativa, os municípios e a União. O Maranhão será dividido em Áreas Integradas de Segurança, cada uma com meta de redução de crimes, que receberão recursos e efetivo policial de acordo com suas necessidades. 

O deputado Bira do Pindaré (foto) adverte que enquanto o Governo do Estado, com todo o seu aparato, faz campanha eleitoral antecipada, o Maranhão mais uma vez ganha as páginas da imprensa nacional negativamente por conta de mais um escândalo, desta vez por conta das relações perigosoas com o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal.

A Revista Época noticiou a prisão de Youssef em São Luís e um acordo envolvendo uma dívida do governo do Estado com a empresa Constran, no valor de R$ 110 milhões. De acordo com a investigação da Polícia Federal, o doleiro negociava pagamento de precatórios e comemorava, pois o dinheiro já estava sendo depositado na conta.

O deputado Bira cobrou esclarecimentos do Governo do Maranhão, pois escândalos como esse, envolvendo dinheiro público são rotineiros no estado. Ele lembrou que enquanto o Governo do Maranhão fazia campanha eleitoral, o povo da Liberdade interditava a Avenida Getúlio Vargas reivindicando água na torneira.

“A Governadora prometeu que, até 2013, o problema do abastecimento de água na ilha de São Luís estaria resolvido. Agora estão botando culpa no reservatório, aqui de São Luís no Batatã, botam culpa nisso, que não está chovendo e tal. Mas, na verdade, a solução viria pela duplicação, pelos melhoramentos do ITALUIS que, até hoje, não foram concluídos”, criticou Bira.

O parlamentar afirmou que o Governo do Maranhão não existe e não passa de um comitê eleitoral permanente, desesperado e sem consistência, pois a todo o momento troca de candidato. “Se quiser ganhar a eleição, cuide do governo, cuide de explicar o que fazia o doleiro no estado do Maranhão. Cuide de atender as reivindicações do povo da Liberdade que está sem água. É isso que o governo tem que fazer”, concluiu.   

A Comissão Política da Assembleia de Deus vai reunir na próxima terça-feira para definir estratégias para as eleições 2014 e se posicionar sobre a promessa do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, que garantiu aos líderes dessa Congregação que o filho e pré-candidato ao governo do estado, Edinho Lobão, o “Edinho 30” se licenciaria para permitir a posse do Pastor Bel, segundo suplente de senador.

A revelação do Pastor Bel de que a Assembleia de Deus somente apoiará o candidato do grupo Sarney se tiver em troca a cadeira de senador, revela a promiscuidade desde segmento evangélico que ver a política apenas com uma forma de fazer negócios. Não estão nem ai para os problemas do Maranhão, pensam exclusivamente em levar vantagem em tudo e ainda usam o nome de Deus. Quanta heresia.      

Confesso que já percorri o Maranhão quatro vezes como assessor de imprensa de candidatos da oposição ao governo do Estado, visitei vários líderes da Igreja Católica e nunca vi um Padre pedir sequer uma hóstia em troca de apoio político. Pelo contrário, alguns faziam era ajudar o candidato em nome da causa.

Lembro que na campanha de 2002, o então candidato Jackson Lago esteve no distante município de Apicuaçu, visitou a Igreja Católica, conversou com os líderes religiosos, explicou a necessidade de se livrar o Maranhão da peste chamada oligarquia Sarney, e foi bem acolhido. Nada lhe pediram em troca. Em seguida foi conversar com os pastores evangélicos e recebeu uma lista de pedidos. Entre os mais absurdos constava a reforma da igreja. E tudo em nome de Deus.   

Agora o Pastor Bel torna público que a Congregação Assembleia de Deus tem até Comissão Política para tratar de negócios que envolvem posições, cargos em primeiro escalão do governo e até mandato de senador.

Considero Edinho Lobão um fanfarão, mas nessa dele não tirar licença, sinceramente, torço para que permaneça no mandato do pai. Quem não lembra desse Pastor satanizando Jackson Lago e derramando elogios a oligarquia? Tai a recompensa. Bem feito.
Design de NewWpThemes