19 de out de 2013

Pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Opinião Pública (Inop) revelou que em Tutoia (MA) Flávio Dino (PCdoB) lidera as pesquisas de intenção de voto com mais de 40 pontos de diferença em relação ao candidato apoiado pela família Sarney, Luís Fernando Silva (PMDB).

Com 49,35% das intenções de voto, Flávio Dino tem larga vantagem sobre Luís Fernando – que chega a 8,82% das intenções do eleitorado. Outros 19,28% disseram que não votariam em nenhum destes e 22,55% disseram não saber ou preferiram não opinar.

Às vésperas do ano de eleição, diversos municípios do Maranhão estão fazendo pesquisas de intenções de votos que definirão alianças para o pleito de 2014. Em todas as pesquisas divulgadas até o momento, Flávio Dino tem aparecido na dianteira em relação aos demais candidatos.

Levantamentos feitos em cidades como São Luís, Imperatriz, Santa Inês, Timon, Caxias, Chapadinha, Presidente Dutra e outras mostram sempre uma diferença superior a 40 pontos entre as intenções de voto de Flávio Dino e o candidato da oligarquia, Luís Fernando.

Na última pesquisa estadual contratada pelo Jornal Pequeno (agosto de 2013), o candidato da oposição ao governo do estado (Flávio Dino) aparecia com 60,92% dos votos contra 19,23% do peemedebista. 8,23% votariam em branco ou nulo e 11,62% não sabiam/não responderam. A diferença entre os percentuais dos dois candidatos é de 41,69 pontos.


EXPANSÃO COMERCIAL

A Ilhinha, no bairro do São Francisco, é um dos pontos de tráfico de drogas mais audaciosos da capital. O farto comércio de drogas acontece a todo instante, a pouco menos de 500 metros de um trayler da Polícia Militar, e menos de 1.000 metros da delegacia de policia do São Francisco. Durante a noite, na altura das ruas 13 e 14, é possível presenciar o intenso comércio de drogas, com entradas de carrões de ricaços que alimentam o tráfico. É um autêntico supermercado de vendas de drogas, realizado no meio da rua, sem qualquer temor.

O Acesso dos viciados, segundo denuncia de moradores,  ocorre pela Avenida Ferreira Gular, adentram na Ilhinha e lá se abastecem de drogas.  A cocaína é o carro-chefe dos negócios. Os traficantes ostentam seu status com carros novos, farras, construção de casas luxuosas dentro da Ilhinha. 

O blog recebeu a denúncia de que a todo instante florescem novos pontos de venda da droga nas imediações, sem que os criminosos sejam incomodados. Vez por outra, a disputa por espaços nas “bocas de fumo” rendem intensos tiroteios entre as facções criminosas. Aí, o helicóptero do GTA faz um sobrevoo no bairro e volta tudo ao normal, ou seja, o tráfico volta ao comando. 

PESADELO URBANO

Enquanto o governo Roseana Sarney inaugura outdoors dizendo que o Maranhão é exemplo no combate a criminalidade, a população do estado, sobretudo da capital São Luís, vive literalmente sitiada. 

Na tarde-noite da última quinta-feira, os moradores da vila Mauro Fecury II, no Itaqui-bacanga, viveram momentos de terror. Cerca de 30 homens fortemente armados desfilavam acintosamente em plena rua, obrigando os moradores a fecharem as portas de suas casas. Por lá, já implantaram até toque de recolher. É só anoitecer que começam os rojões como alerta para os moradores se recolherem às suas casas.

TUDO DE RUIM FICA PIOR

Segundo a Lei de Murphy, nada é tão ruim que não possa piorar. A Oligarquia Sarney ao que parece, vive momentos de plena aplicabilidade dessa lei. Tudo de ruim piora sensivelmente.

Não bastassem as constantes rebeliões no presídio em Pedrinhas, com dezenas de mortos e feridos, a crise gigantesca do sistema de segurança, etc, vem o Oligarca José Sarney escrever em seu jornal Estado do Maranhão, afirmando que os culpados pela crise sistêmica do governo de sua filha Roseana, é... dos juízes.

Foi tanta bobagem dita pelo Oligarca que, após dura, objetiva e serena manifestação da Associação dos Magistrados, através de seu presidente Gervásio Santos, que papai Sarney teve de pedir desculpas aos juízes, afirmando que foi mal informado pela própria Secretaria de (in)Segurança.

HEREDITARIEDADE NOS TRIBUNAIS

A briga pela vaga do cargo vitalício de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, com a aposentadoria compulsória de Yedo Lobão na segunda-feira passada, poderá confirmar uma odiosa prática da hereditariedade do poder nos tribunais no Maranhão. Com a entrada do deputado Max Barros na disputa pela vaga, que desponta como o candidato mais forte, se vier a ser nomeado ele se juntará ao conselheiro Alvaro Cesar Ferreira, que herdou a vaga de seu pai, ex-conselheiro Alvaro França Ferreira, primo do Oligarca José Sarney.

Max Barros é filho do ex-conselheiro José Barros. Serão, assim, dois herdeiros na corte de contas. No Tribunal de Justiça não tem sido diferente. O desembargador Paulo Velten Pereira, advogado indicado pela OAB, ocupou exatamente a vaga que acabara de deixar seu pai, o desembargador Manoel Gomes Pereira. O desembargador Froz Sobrinho, que era promotor de justiça, foi nomeado desembargador, durante a gestão de seu tio, o desembargador Raimundo Cutrim, que era presidente da Corte. Pouco tempo depois Cutrim se aposentou.

ESTRANHO, MUITO ESTRANHO

O pré-candidato ao governo pelas oposições em 2014, Flávio Dino, tem de abrir os olhos quanto a alguns aliados que, a despeito de terem recebido todo seu apoio para se eleger a prefeito, já andam de mãos dadas e corações partidos pelos integrantes do grupo Sarney.

É o caso do prefeito Miltinho Aragão (PSB), de São Mateus. Por lá, Flávio imitou o que fez Lula em 2010, quando abandonou um aliado histórico, o sindicalista Genilson Alves, e declarou apoio ostensivo a Miltinho Aragão. Agora, Miltinho desfila seu antigo amor com Ricardo Murad.
Governadora Roseana a caminho dos cassinos de Las Vegas
Esperei a raiva e a sensação de impotência aliviar para relatar mais um caso de violência ocorrido na noite de ontem, praticada por bandidos que circulam livremente pela cidade invadindo residências para roubar, humilhar país de família e espalhar o terror. Fechem suas portas, a segurança prometida pela governadora Roseana Sarney é uma piada.

Estávamos comemorando o aniversário de um sobrinho, por afinidade, no pacato bairro do Vinhais,  quando por volta das 10h30 quatro marginais armados invadiram a residência e anunciaram o assalto. Foram 15 minutos de puro terror, ameaças de morte e coronhadas em quem ousasse olhar para os facínoras. Fizeram um raspa completo. Até televisão levaram.

Em frente a casa onde estávamos a vizinha percebeu o que se passava, ligou para a Polícia que, pra variar, só apareceu quando os marginais já haviam ido embora  levando tudo e quando não havia mais nada a fazer. O pior de tudo foi ter a certeza que estamos abandonados à própria sorte por um governo inoperante e sem compromisso com a segurança da população.   

Governadora, crie vergonha na cara, procure honrar a confiança daqueles que acreditaram que poderiam dormir de portas abertas e que agora sofrem as consequências por terem acreditado em mais uma de suas mentiras de campanha. Pare de jogar baralho, de dormir o dia todo e de fazer propaganda de um estado que não existe enquanto a população padece nas mãos da marginalidade.   

Não vou nem perder tempo com o secretário de Segurança, Aluísio Mendes, porque ele, segundo o ex-secretário Raimundo Cutrim, não tem competência para gerir o sistema, está no cargo apenas por ter livrado o empresário Fernando Sarney das algemas da Polícia Federal ao avisá-lo que a PF iria prendê-lo por conta da operação "Boi Barrica".   

18 de out de 2013

Edivaldo Holanda Júnior inspecionou obra que beneficiará
mais de 200 mil moradores da região
Dando sequência às visitas nas obras que estão sendo executadas em toda a cidade, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, acompanhado de parte do secretariado, esteve na Vila Embratel na manhã desta sexta-feira (18) para inspecionar as obras da adutora de água tratada na região. Os serviços da nova adutora foram retomados no segundo semestre deste ano e deverão beneficiar mais de 200 mil moradores da região e de bairros adjacentes.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo aproveitou para conversar com moradores e reafirmar o compromisso do diálogo e do governo participativo, princípio norteador de sua gestão.

“Estar fora do gabinete, nas ruas com o povo, tem sido uma rotina de trabalho muito presente no nosso governo. Queremos acompanhar de perto a qualidade das ações, ouvir quem mora na região, assegurar o cumprimento no prazo correto. Hoje estamos muito felizes porque entregaremos em breve uma enorme estrutura para os moradores da Vila Embratel e Anjo da Guarda, que permitirá que tenham água diariamente em suas casas. Mais um compromisso firmado que será cumprido”, declarou o prefeito.

As obras na Vila Embratel, realizadas com recursos federais por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), estão sendo realizadas simultaneamente à ampliação da barragem do Batatã e da estação de tratamento do Sacavém. No local, estão sendo realizados serviços de escavação e colocação de tubos de ferro fundido da rede adutora de abastecimento de água, com o objetivo de interligar, através de válvulas redutoras de pressão, os locais de distribuição de água aos domicílios. Os serviços estão sendo executados por uma equipe de 30 trabalhadores e cerca de 30% da obra já foi concluída.

O secretário de Obras e Serviços Públicos, José Silveira, explica que o prazo para conclusão das obras é até o primeiro semestre de 2014, representando um avanço importante na qualidade de vida dos moradores da região. “Nosso objetivo maior é oferecer água potável todos os dias para cada morador, de modo que eles não precisem mais ter problemas com isso. Nossa gestão sabe que água é um recurso fundamental e estamos trabalhando para levar a quem mais precisa”, afirmou.

Para quem mora no bairro há mais de 30 anos e conhece a necessidade de ter água de qualidade na torneira, a medida foi recebida com alegria. A cozinheira Maria Antônia Teixeira parabenizou pessoalmente o prefeito Edivaldo e sua equipe e afirmou estar satisfeita com o andamento das obras. “Quem mais precisa de água para comer, tomar banho, fazer as atividades diárias, sabe do quanto é importante. Quem mora aqui, não vê a hora de isso tudo ficar pronto”, disse.

O superintendente executivo do Grupo Executivo do Programa de Aceleração do Crescimento (GEPAC), Roberto Sousa, explicou que a ação garantirá o funcionamento de uma ampla estrutura em todo o bairro. “Quando a gente encerrar esse período, vamos fazer a hidrometração para garantir o fornecimento de água constante para as famílias que vão ser atendidas com o programa, além de evitar o desperdício”, disse.

Também estiveram presentes na visita o vereador Edmilson Jansen (PTC) e os secretários Márcio Jerry (Comunicação) e Breno Galdino (Segurança com Cidadania).

OUTRAS AÇÕES

Durante a visita, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior aproveitou para adiantar aos moradores a chegada de novas ações para a região nos próximos meses, e assegurou o compromisso de acompanhar pessoalmente o andamento de cada uma das obras. “Está prevista a construção de uma escola fundamental para a área Itaqui-Bacanga, além de três novas creches. Iremos reformar o Hospital da Mulher e outras unidades. Aproveitamos ainda para anunciar que num prazo de 10 dias estaremos na região com o programa de requalificação asfáltica. Enfim, estamos trabalhando para toda a São Luís”, destacou.
José Sarney anda magoado com Gilberto Carvalho e vem dizendo aos correligionários ter certeza de que Carvalho vira e mexe vaza para imprensa, sob a condição de não ser identificado, declarações para sujar ainda mais a sua imagem e de Roseana. Nesta semana, Sarney mostrou a aliados reportagens publicadas nos jornais com informações que ele atribui terem saído de Gilberto Carvalho.

Por Lauro Jardim

A cúpula do Conselho Nacional de Justiça virá ao Maranhão na semana que vem para vistoriar o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Após as visitas ao placo da rebelião acontecida na quinta passada, os membros do Ministério Público Federal irão ao Palácio dos Leões cobrar de Roseana Sarney e seus secretários explicações sobre a tragédia que abalou o Maranhão.

Com nove mortos, dezenas de feridos e destruição de boa parte do maior presídio do Maranhão, a rebelião desencadeou finalmente ações pela melhoria do sistema de Segurança do Maranhão. Os membros do MP vão falar com os secretários Aluísio Mendes (Segurança), Sebastião Uchoa (Administração Penitenciária) e João Abreu (Casa Civil).

A visita será coordenada pelo conselheiro Mario Bonsaglia, presidente da Comissão de Sistema Carcerário do CNMP, e terá a participação de membros auxiliares do Conselho, de integrantes do CNJ, de membros dos MPs Estadual e Federal no Maranhão, de representantes do Judiciário, da OAB e da Defensoria Pública.

O CNMP vai ainda conversar com os presidentes do Tribunal de Justiça (Guerreiro Jr), da Procuradoria-Geral de Justiça (Regina Rocha) e de outras entidades que tenham ações relacionadas à segurança pública no Maranhão.

AGENDA DIVULGADA PELO CNMP

Dia 22/10
15h - Tribunal de Justiça do Maranhão
Audiência com Presidente do Tribunal de Justiça -MA
Antônio Pacheco Guerreiro Júnior

Dia 23/10
8h30 - Visita ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas (quatro estabelecimentos) e ao estabelecimento Central de Custódia de Presos da Justiça - CPJ do Bairro Anil
14h - Reunião na sede do Ministério Público do Maranhão, para discussão do atual contexto prisional e articulação de medidas a serem propostas.

Dia 24/10
10h - Palácio dos Leões                                                                              
Audiência com Roseana Sarney, governadora do Estado do Maranhão, e secretários de Justiça e de Administração Penitenciária, da Casa Civil e de Segurança Pública.
Ação Mulher Trabalhista - MA retomou seus trabalhos na quinta-feira (17/9) com a força de grandes mulheres do Maranhão. A diretoria é formada por vereadoras, lideranças comunitárias,pastorais da Mulher. Força a todas as nossas guerreiras.

A Ação da Mulher Trabalhista (AMT), órgão que congrega as mulheres do Partido Democrático Trabalhista, vem ao longo dos anos trabalhando para a efetivação de um novo modo de construir a sociedade de nossos sonhos. A igualdade que tanto almejamos não acontecerá sem o nosso engajamento nos movimentos sociais. Um órgão que não se capitaliza na sociedade e só é forte dentro do Partido não tem razão de existir.

É necessário que seja desconstruído o modo de ver a participação das mulheres nos espaços de poder, porque a frase “Mulher tem que votar em mulher” do ponto de vista de nossa entidade não é a que queremos, ela simplifica muito as nossas necessidades, cria a expectativa que todas nos representam e elimina a visão de classe que nós, ideologicamente, defendemos. Somos diferentes umas das outras, mas diferença não pressupõe desigualdade.
A respeito de matéria veiculada no jornal O Estado do Maranhão, no dia 4 de outubro de 2013, intitulada “Candidatura de Dino leva emissoras de rádios para a ilegalidade”, acusando o pré-candidato a governador Flavio Dino (PCdoB) de utilizar emissoras comunitárias para veicular suposto “programa eleitoral fora de época”, a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias no Maranhão (Abraço-MA) tem a dizer:

1 – A Abraço sempre defendeu a democratização da comunicação como plataforma fundamental no processo de construção da cidadania e de uma sociedade participativa e plural;

2 – Entendemos as rádios comunitárias como um movimento organizado na sociedade civil, formado por diversas pessoas físicas e jurídicas (entidades associativas, religiosas, artísticas, esportivas etc) de diferentes formação política e visões de mundo;

3 – Portanto, não configura nenhuma ilegalidade a veiculação de programas informativos que atualizem os ouvintes sobre a realidade do Maranhão, mesmo que se contraponham aos interesses oficiais;

4 – As tentativas de criminalizar as rádios comunitárias sempre foram uma constante por parte dos monopólios de mídia, que não admitem o contraditório e a pulsação de outras vozes fora do controle do coronelismo eletrônico, tão forte no espectro midiático maranhense;

5 – As rádios comunitárias já foram acusadas até de derrubar avião e de interferir nos sinais de televisão comercial, sempre com o objetivo de imputar crime às pequenas emissoras, processar e condenar as comunicadoras e os comunicadores populares;

6 – Nesse contexto, a Abraço reitera o entendimento de que as emissoras comunitárias cumprem um importante papel no processo de democratização da comunicação e une-se às mídias livres, movimentos sociais, homens e mulheres que atuam e desejam a diversidade de opiniões, a pluralidade de vozes e a liberdade de expressão.

São Luís, 17 de outubro de 2013

Seguem as assinaturas dos integrantes da Diretoria Executiva da Abraço Maranhão:
_______________________________________________
Luís Augusto da Silva Nascimento
Coordenador Geral

_______________________________________________
José Maria Machado Coelho
Coordenador de Mobilização

_______________________________________________
Ed Wilson Ferreira Araujo
Coordenador de Formação

_______________________________________________
Adilson Cardoso de Sousa
Coordenador das Regionais

_______________________________________________
Francisco José Marcio Miranda Calvet
Coordenador de Comunicação

_______________________________________________________
Neuton Cesar Dória Silva
Coordenador de Relações Institucionais

_______________________________________________
Raimundo Pereira de Souza
Coordenador de Finanças

________________________________________________
Vivânia Gonçalves Ferreira
Coordenadora de Gênero
A ação do presidente da Embratur, Flávio Dino, para conter a alta dos preços praticados no turismo durante a Copa do Mundo reverberou em todo o mundo. Diversos jornais internacionais destacaram a ação pela cobrança de preços mais baratos durante a Copa de 2014.

A exemplo, o jornal Whashington Post (Estados Unidos), entrevistou Flávio Dino e destacou as ações do Governo Federal para resolver o problema da alta tarifária e da qualidade de serviços prestados no Brasil durante os megaeventos.

Na matéria chamada “Brasil vai monitorar aumentos de preços de hotéis e passagens de avião durante a Copa de 2014”, o Whashington Post falou sobre a decisão do governo brasileiro de criar um Comitê para acompanhar alta de preços.


VEJA PARTE DA REPORTAGEM:

“O órgão de administração do turismo no Brasil, a Embratur, no início deste ano disse oficialmente à FIFA e operadores de hotéis que irá negociar redução dos preços durante a Copa do Mundo. Ele também notificou o Ministério da Justiça, responsável por lidar com as questões dos direitos do consumidor,” diz a matéria, que continua com a entrevista de Flávio Dino:

"Esta medida editada pela presidenta Dilma e pela ministra Gleisi é essencial para salvaguardar a imagem do turismo brasileiro no exterior", disse o presidente da Embratur, Flávio Dino. "As nossas pesquisas na mídia internacional mostram que não podemos permitir que o governo brasileiro não haja contra abusos,” completou.

Os beneficiários do Programa Bolsa Família, em São Luís, que ainda não fizeram o acompanhamento semestral obrigatório, têm até o mês de novembro para comparecerem a uma unidade de saúde, sob pena da perda do benefício. Aproximadamente, 65 mil famílias estão inscritas no Programa na capital maranhense.

O objetivo da avaliação, que é feita em duas etapas ao ano - primeiro e segundo semestre, é realizar os exames antropométricos (peso e altura) e observar se condutas preventivas de saúde estão sendo cumpridas, além do recadastramento destes beneficiários no sistema.
O prazo final para o comparecimento a uma unidade de saúde e fazer o acompanhamento semestral do Bolsa Família é dia 28 de novembro. Todos os beneficiários da família que estejam cadastrados no Programa devem realizar a avaliação.

 “Quanto mais cedo o beneficiário comparecer, mais rápido será seu atendimento, uma vez que evita-se as longas filas comuns nos últimos dias de avaliação”, lembrou a coordenadora.
O Bolsa Família favorece gestantes, mulheres entre 13 e 45 anos e crianças com até sete anos de idade, até um total de cinco beneficiários por residência, com um auxílio que parte de cerca de R$70 e pode aumentar, gradativamente, de acordo com cada perfil familiar.

Na unidade de saúde é checado se todos integrados ao Programa estão em dia com itens como vacinação, pré-natal, além da promoção de atividades educativas sobre aleitamento materno, alimentação saudável, saúde da criança, entre outros. A assiduidade escolar também é um dos itens avaliados com rigor.

O acompanhamento semestral é uma forma encontrada pelo poder público de fazer com os usuários do Bolsa Família procurem os centros de saúde, dando acesso às suas famílias a serviços sociais básicos, como saúde, educação e assistência social.

Segundo a coordenadora da Divisão de Assistência Nutricional da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Elissandra Castelo Branco, a ida dessas pessoas a uma das unidades de saúde serve também para que se possa ampliar o leque de serviços de saúde oferecido a estes beneficiários. 

“Nós aproveitamos e fazemos o encaminhamento a outros serviços de saúde para fazer uma checagem ainda mais ampla, indo além do exigido pelo Programa Bolsa Família”, ressaltou.

Ela ainda reforça que as exigências feitas pelo Programa são mínimas, mas seu descumprimento pode acarretar danos para o usuário. “Além dos problemas de saúde, que são nossa maior preocupação, o usuário que não fizer o acompanhamento pode ter a suspensão do benefício e até mesmo a exclusão de toda a sua família do Programa”, alertou.

PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA - Criado em 2004, hoje o Programa atinge mais de 11 milhões de famílias em todos os municípios brasileiros, sob gestão do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Segundo o MDS, seu principal objetivo é combater a fome e a pobreza, garantindo uma alimentação segura e adequada para a população.
Design de NewWpThemes