30 de ago de 2014

Presidente do sindicato participou de programa eleitoral de Edinho Lobão
Todo mundo notou desde o início a atenciosa cobertura que a Difusora de Edinho Lobão deu ao exagerado e tresloucado movimento realizado pelo Sindeducação. Sendo o empresário e suplente de senador avesso desde sempre aos movimentos e temáticas sociais, poderia até ter soado estranha a imensa quantidade de matérias sobre a greve que tomou conta de todos os jornais da emissora. 

Mas o horário eleitoral desta sexta-feira não deixou nenhuma dúvida de que os interesses do movimento são apenas os de colher dividendos eleitoreiros. Nada a ver com o bem estar da valorosa categoria de professores. No programa eleitoral de Edinho divulgado hoje, nada menos que três integrantes do movimento dão entrevistas voluntariamente – incluindo a presidente do sindicato, Elisabeth Castelo Branco. 

O movimento alega oficialmente não ter ligações ou financiamento partidários, mas não pareceu ter qualquer problema com a exploração política do seu movimento por parte dos aliados da família Sarney. Estranho que eles não se incomodem de fazer parte do programa de um grupo político que destruiu a educação do maranhão, colocando – a nos piores índices do país. Entende-se, agora, porque esticar tanto uma interrupção fora de tempo e sem sentido no calendário escolar, prejudicando tantas crianças.

Outro dado curioso: o programa foi ao ar exatamente no mesmo dia em que os integrantes do movimento recusaram a última proposta oferecida pela Prefeitura de São Luís. Depois que todo o processo de saída da greve havia sido costurado conjuntamente entre as partes e com a mediação do Ministério Público. A direção do sindicato recusou. E errou feio, condenando a categoria a um movimento suicida e que não pode trazer ganho nenhum para mais ninguém – exceto, claro, para os que não cessam de colher dividendos eleitoreiros.
Atendendo apelo da categoria, Edson Araújo desiste da candidatura de Edinho
O deputado da bancada governista e candidato a reeleição, Edson Araújo (PSL) vai aproveitar o ato de lançamento da candidatura do presidente estadual do PDT, Julião Amim, amanhã, a partir das 14h, no Hotel Rio Poty, para anunciar sua adesão à candidatura de Flávio Dino ao Governo do Estado nas eleições de cinco de outubro.

Atendendo clamor das bases da categoria de pescadores, Edson Araújo, presidente licenciado da Federação das Colônias de Pescadores do Maranhão, decidiu se afastar da campanha do candidato do PMDB, Edinho Lobão, e unir forças com os candidatos da oposição. Ele fará dobradinha com Julião Amim, candidato a deputado federal.

Para o presidente do PDT, a chegada de Edson Araújo na aliança de oposição vai fortalecer ainda mais a candidatura de Flávio Dino junto aos pescadores  e poderá ajudar muito o futuro governador a desenvolver programas para este importante segmento da economia do estado, mas que não recebe qualquer tipo de incentivo do governo.

“Edson Araújo é um engenheiro de pesca que trabalha realmente com uma categoria que passou muitos anos no abandono e quer agora participar. E o presidente resolveu atender o clamor popular e se juntar ao grupo que deseja mudar o Maranhão e colocá-lo no caminho do desenvolvimento”, observou Julião.

No ato de amanhã, pescadores ligados às mais diversas colônias vão declarar apoio a Dino, Julião e Edson Araújo. É o caso do presidente do Sindicato dos Pescadores do Município de Central do Maranhão, Divaldo Avelar. “Nosso compromisso é com a mudança, por isso vamos votar para derrotar o grupo que está no poder há 50 anos e nada fez pelos pescadores do Maranhão”, enfatizou o dirigente sindical.

                                                                                              
Flávio Dino fala para uma multidão em São João dos Patos
Para acabar com a procissão para o Piauí em busca de atendimento de saúde, o candidato a governador da Coligação Todos pelo Maranhão, Flávio Dino, reafirmou o compromisso de melhorar o sistema público de saúde de São João dos Patos.

Essa foi uma das reivindicações feitas pela população. Um dos relatos veio de Joana D’arc da Silva, de 37 anos, que acompanhou a atividade com o filho de seis anos. Ela escolheu Flávio Dino por apresentar as melhores propostas para o Estado. “Quero mudança na saúde, mais médicos, mais hospitais. Sempre temos que buscar o Piauí porque a saúde aqui não está legal”, relatou.

De Flávio Dino, ela ouviu justamente o compromisso de melhorar os serviços públicos. O candidato voltou a destacar a beleza do Estado e o abandono das regiões. “Nós confiamos na força do povo do Maranhão, que é maior que qualquer poder”, enfatizou.

Sobre a saúde, Flávio assumiu o compromisso de investir na UPA, projeto do governo federal de pronto-atendimento, para que funcione de forma a resolver problemas da população. Além disso, apresentou outras propostas de governo, como o investimento em políticas sociais com a criação do Mais Bolsa Família, o complemento do piso dos agentes comunitários de saúde e o reforço na educação, com mais qualidade para professores e alunos.

Mudança para valer

Em São João dos Patos, durante carreata e caminhada, acenos e abraços fizeram parte da recepção aos candidatos. Nascimento de Oliveira, 27 anos, acompanhado da esposa, Mauricelia do Nascimento, e do filho de três anos, disse que a opção por Flávio Dino veio do histórico político e profissional. “Não é de agora que voto nele. Ele é o melhor candidato pela pessoa que é. E, só de ser professor, já é uma grande coisa”, destacou.

Para Roberto Rocha, chegou a hora da virada de página. Com todos os Estados em desenvolvimento, o Maranhão não pode ficar parado. Para isso, acredita que a população dará esse voto de confiança. “Eu e o Flávio estamos liderando as pesquisas, mas pesquisa é apenas intenção de voto. Para vencer, precisamos que os maranhenses garantam a vitória do Maranhão. Temos que mudar o nosso Estado e para isso temos que mudar a política”, analisou.

Filho da região do Sertão maranhense, o vice Carlos Brandão lembrou a unidade da oposição: “Fico orgulhoso de ser um vice representante dessa região. Chegou a hora do Maranhão. Basta do nosso Estado ser notícia só em casos penitenciários, de roubo, de mala com dinheiro. Esse grupo aqui é ficha limpa e vai trabalhar para fazer a mudança que o Maranhão precisa”, afirmou.

A atividade foi acompanhada por diversos candidatos a deputado federal e estadual da coligação
Jornal Pequeno

É indisfarçável nos comitês dos candidatos e nas conversas de bastidores a ansiedade com a divulgação de novas pesquisas sobre a sucessão estadual. Os institutos Data M, Exata e Econométrica estão com pesquisas registradas para divulgação já a partir de hoje, 30.
                                      
A expectativa é natural porque as pesquisas aferirão o comportamento do eleitor após um pouco mais de uma semana de propaganda no rádio e tv. E também porque serão divulgadas na virada para o último e decisivo mês de campanha. Há também muita curiosidade com a disputa presidencial após a entrada em cena da candidata Marina Silva.

Se o líder nas pesquisas até aqui, Flávio Dino, mantiver os percentuais que vem ostentando e, sobretudo, a diferença em relação ao segundo colocado, Lobão Filho, haverá sem dúvida conclusões de que o cenário eleitoral está ganhando contornos definitivos.

Se, por outro lado, as pesquisas tiverem captado reação do candidato Lobão Filho, setembro iniciará com a campanha bem mais intensa, dada a perspectiva de se equilibrar a disputa, no momento muito favorável a Flávio Dino.

Chamou a atenção o fato do jornal O Estado do Maranhão anunciar uma pesquisa e depois desistir de sua publicação prevista para este sábado. O fato foi interpretado como sinal de que o quadro eleitoral continua muito bom para a oposição liderada por Flávio Dino e com grandes dificuldades para o bloco do governo liderado por Lobão Filho.

Aguardemos. Agora só falta pouco mais de um mês.

 

 

29 de ago de 2014

 
A campanha do candidato a deputado estadual Bira do Pindaré 40100 ganhou as as ruas do município de Santa Inês com o candidato deputado federal Domingos Dutra 7713, no final desta manhã de sexta-feira (29).

Em caminhada de mais de 9km, os candidatos cumprimentaram as pessoas, apresentaram propostas e visitaram o centro comercial da cidade, além de lideranças que apoiam Bira e Dutra.

Na fala de Bira, ele lembrou a luta travada ao longo do seu mandato em defesa dos quilombolas, quebradeiras de coco, bancários, trabalhadoras e trabalhadores rurais.

Alguns jovens cumprimentaram o socialista pela iniciativa de solicitar e cobrar diversas vezes a criação do curso de medicina na UEMA de Santa Inês. Bira, explicou que esta é uma luta que ele defende com prioridade, pois, segundo ele, o Maranhão é a estado com menor número de médicos por habitantes do Brasil.

Uma das propostas do socialista é, além da formação de mais médicos maranhenses, a criação de universidades estaduais regionalizadas, com ampliação do número de vagas, orçamento próprio e autonomia administrativa.

Por educação superior de qualidade, Santa Inês vota Bira do Pindaré 40100 para deputado estadual.
A Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE/MA) notificou hoje (29) 8 candidatos por propaganda irregular no Centro Histórico de São Luís. Foram notificados os candidatos a deputado estadual Amilcar Rocha, Andréia Trovão e Júlio Pinheiro, a  candidata à deputada federal Eliziane Gama, os candidatos a governador Flávio Dino, José Luís Lago e Lobão Filho e o candidato a senador Gastão Vieira.

 
A irregularidade consiste na veiculação de propagandas em bem particular que integra o conjunto arquitetônico e paisagístico da cidade de São Luís e se encontra tombado pelo Governo Federal, cuja permissão depende de prévia autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para que seja afixada propaganda.

 
Para o procurador eleitoral Juraci Guimarães Júnior, "a proteção do patrimônio histórico de São Luís é medida que se impõe a todos os candidatos, não sendo permitida a propaganda eleitoral em bens tombados, quer pelo fato de lhe causar dano, quer por causar poluição visual".

 
O prazo para retirada completa das propagandas é de 48 horas. Após esse prazo, caso o pedido não seja atendido, os candidatos sofrerão representações por parte do Ministério Público Eleitoral com a finalidade de aplicação de multa e retirada forçada da propaganda irregular.

 
Decisão do TSE ameaça reeleição do deputado Sarney Filho
O Ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Henrique Neves, anulou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão que permitiria a participação do Partido Verde na coligação do candidato da coligação Pra Frente Maranhão, Edinho Lobão (PMDB).  Com isso, a situação do deputado federal Sarney Filho (PV) voltou a se complicar, pois com apenas três candidatos a deputado federal a legenda terá muita dificuldade de atingir o quociente eleitoral.  

As irregularidades na ata da convenção do PV foram denunciadas ao TRE-MA pelo candidato do PT a deputado Márcio Jardim, que questionou a participação do PV na coligação sarneysista, visto que o Partido Verde registrou a ata no sem especificar a sua participação na coligação majoritária, em decorrência da candidatura de Washington Rio Branco ao Senado.
Pelo o que foi registrado inicialmente, o PV seria obrigado a disputar as eleições sozinho e com apenas dois candidatos a deputado federal: Sarney Filho e Vitor Mendes, que chegou inclusive ameaçar renunciar da candidatura se não fosse feita a correção.

A direção do partido então retificou a ata, colocou o partido na coligação Pra Frente Maranhão, sepultou a candidatura de Washington Rio Branco ao Senado e fez aliança na eleição proporcional e o TRE-MA aceitou, apesar dos protestos. O processo subiu para TSE e a decisão da corte maranhense foi anulada.

Segundo o ministro Henrique Neves, o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, ao alegar que a questão das coligações é interna dos partidos e por isso não caberia a impugnação de um candidato de outra legenda, deixou de analisar o que realmente importa: a ilegalidade da mudança de ata do PV. Assim, “a Corte de origem deixou de se manifestar sobre fato relevante para a solução da controvérsia”. Assim, “a norma constitucional de garantia do devido processo legal fica reduzida a uma encenação sem propósito e sem finalidade”.

Diante do que analisou, o ministro devolveu o processo ao TRE para que analise a irregularidade da mudança da ata do PV e, a partir daí, julgar a coligação.

O partido registrou apenas as candidaturas de Sarney Filho, Victor Mendes e Washington Rio Branco. Sem nenhuma mulher candidata, o PV não estaria cumprindo a cota de gênero (art. 10, §3º, da Lei 9.504/97), o que é um outro problema que pode até retirar o PV da disputa eleitoral de 2014.
Representantes da coligação “Todos pelo Maranhão” reuniram-se com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil para sugerir a participação da entidade no pleito eleitoral de 2014 como observadores e fiscalizadores das eleições deste ano. Em ofício dirigido ao presidente da seccional maranhense, Mário Macieira, a coligação destacou o papel da OAB na construção da Democracia.

Representantes da coligação que tem Flávio Dino como candidato a Governador reuniram-se com representantes da OAB-MA e relataram a preocupação com as eleições de 2014. O presidente do PCdoB-MA, Márcio Jerry, e o deputado estadual Marcelo Tavares (PSB) protocolaram o ofício convidando a OAB e outras entidades para acompanharem de perto o transcurso da disputa no mês que antecede o dia das eleições.

“O país tem na OAB uma referência da luta democrática e por isso convidamos a Ordem para acompanhar de perto as eleições deste ano que, infelizmente, tem sido marcada por ações baixas por parte da campanha adversária,” disse Márcio Jerry, que fez questão de ressaltar todo o interesse da coligação para que “o jogo democrático seja livremente jogado” também no Maranhão.

O deputado Marcelo Tavares lembrou ainda que a participação de entidades da sociedade civil é fundamental para evitar fraudes eleitorais. Em 2013, a Procuradoria Geral da República confirmou que a candidata do PMDB usou de práticas de abuso de poder político e econômico para fraudar as eleições de 2010. Na opinião do deputado, toda a sociedade maranhense deve estar vigilante para evitar que casos assim voltem a ocorrer no Maranhão.

Os representantes da coligação informaram ainda que visitarão outras entidades da sociedade civil organizada para participar ativamente da fiscalização das eleições no período que antecede o dia do pleito e durante a votação. A ideia da coligação é fortalecer os observatórios civis que evitem fraudes da vontade popular nas urnas. A visita contou com a presença o representante nacional do PCdoB, André Tokarski.

Observatório eleitoral

O presidente da OAB, Mário Macieira, confirmou que a entidade dos advogados já possui uma programação para acompanhar o desenrolar das eleições deste ano e que a entidade agirá como observadora para evitar fraudes em qualquer parte do processo eleitoral.

“Estaremos como parceiros do Ministério Público e da Justiça Eleitoral no acompanhamento do lacre das urnas, da geração da mídia e do transporte das urnas. Vamos fazer um observatório eleitoral, como já fizemos em outras oportunidades,” garantiu Macieira, ao lado dos conselheiros Hugo Passos e Murilo Salém. A advogada Susan Lucena representou a coligação “Todos pelo Maranhão”.
Jornal Pequeno

Meses antes das eleições municipais de 2012, o Jornal Pequeno fez uma grave denúncia através do Colunaço do Pêta: a Caema estava preparando intervenções em São Luís para esburacar a cidade e prejudicar a administração do então prefeito João Castelo, que havia asfaltado praticamente toda a capital maranhense. A denúncia surtiu algum efeito, evitando a ação em toda a sua amplitude, como estava prevista. Mesmo assim, várias ruas ainda foram esburacadas e esculhambadas pela Caema.

O fato se repete, e já há informações de alguns pontos da cidade recuperados pela Prefeitura de São Luís que estão sofrendo ações devastadoras da Companhia de Saneamento.

Ontem, a Caema achou de esculhambar e abrir crateras por toda extensão da Rua dos Acapus, no Renascença I, que havia sido recuperada há uma semana pela Prefeitura de São Luís. Mais grave: uma das justificativas dadas pela equipe que trabalhava no local, através do operário Ataílton dos Santos França, foi de que ali serão instalada tabulação na cavidade e bacias coletoras porque não existiria rede de esgoto na via. Um vigia de uma quadra próxima – que preferiu não se identificar – destacou que a rua e o bairro não possuem problema algum de esgoto.

Se a Caema tinha serviço programado para aquela rua, por que não comunicou à Prefeitura? Por que deixou a Prefeitura recuperar a via para depois quebrá-la toda?

Está mais do que clara a intenção de prejudicar a administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. É de indignar.

   

 

Líderes da coligação “Todos pelo Maranhão” garantem que o maior comício das eleições 2014 foi realizado em Caxias dia 23 de agosto quando mais de 20 mil pessoas se comprimiram na praça do Panteon - centro de Caxias, para ouvir os candidatos da mudança, liderados por Flavio Dino.

Era a festa de aniversário de Humberto Coutinho, candidato a deputado estadual, que confirmou seu prestígio e popularidade na Princesa do Sertão.

No evento além dos discursos de Flávio Dino e Humberto Coutinho, falaram o prefeito de Caxias Léo Coutinho, os candidatos a deputado federal Rubens Júnior e a Senador Roberto Rocha além da deputada estadual Cleide Coutinho.

Todos destacaram a vergonha que o Maranhão passou com as matérias sobre corrupção exibida no jornal Nacional e reproduzida nos telões da praça. Os oradores ressaltaram a perseguição que sofre o atual prefeito da cidade que não recebe nenhum recurso do governo Roseana Sarney, além de sofrer os cortes do dinheiro federal que vem para a saúde feitos por Ricardo Murad. Todos asseguraram que no Governo de Flávio Dino esta perseguição acabará não só em Caxias mas em todo o Maranhão.

Humberto Coutinho que ao sair governo Municipal tinha uma popularidade acima de 70% é favoritíssimo e deve ultrapassar os 50% dos votos válidos de Caxias, onde Flávio Dino também deve ter uma votação recorde.

 

 

28 de ago de 2014

O Ministério Público Federal, o Ministério Público Estadual, a Controladoria Geral da União (CGU), o Ministério Público de Contas e a Polícia Federal estão realizando uma auditoria no transporte escolar em cinco municípios maranhenses, são eles:  Cachoeira Grande, Lago da Pedra, São João do Sóter, Miranda do Norte e Presidente Vargas. Na manhã desta quinta-feira (28), na sede da Procuradoria Geral de Justiça, foram apresentados os resultados preliminares dessa auditoria, conhecida como operação "Dia T – Pau de Arara", iniciada na última segunda-feira, 25 de agosto, e que se estende até a próxima sexta-feira, 29.
A fiscalização está sendo realizada por promotores de justiça e auditores da CGU. Eles avaliam as condições de segurança dos veículos, a qualidade do serviço, o cumprimento das rotas e também as despesas executadas com a prestação do transporte escolar.
A abrangência dos trabalhos nos cinco municípios é referente aos anos de 2013 e 2014, no valor de R$ 9.002.939,62 milhões. Para investigar a situação do transporte escolar, foram ouvidos alunos, motoristas, representantes das empresas contratadas, além da inspeção dos veículos, documentos e contratos de licitação.
Em relação à segurança dos estudantes, foram detectados veículos e motoristas sem documentação e automóveis deteriorados. Também foram descobertos vícios nos processos de licitação, empresas de fachada, sem veículos próprios ou com veículos irregulares, sublocação integral dos contratos, superfaturamento e abastecimento dos veículos pelas próprias prefeituras, mesmo quando o contrato prevê essa obrigação para as empresas.  "Há casos, ainda, de empresas contratadas que não prestam o serviço, deixando as crianças sem acesso às escolas", afirma o chefe da CGU no Maranhão, Francisco Alves Moreira.
A procuradora-chefe da Procuradoria da República no Maranhão, Carolina da Hora, enfatizou que foram constatadas uma série de ilegalidades, classificadas por ela de "condutas duvidosas". "Um exemplo é quando o gestor municipal resolve licitar o serviço de transporte escolar. O gasto com a locação é maior do que a compra de veículos novos".
Ainda segundo Carolina da Hora, a participação da sociedade é fundamental para coibir a prática irregular de transporte escolar, no sentido de denunciar essa prática aos órgãos competentes. "O cidadão deve se unir à nós, pois ele tem, verdadeiramente, o poder e a capacidade de fiscalizar como está sendo a prestação do serviço público e cobrar dos seus gestores," concluiu.
No mesmo sentido, o procurador do Ministério Público de Contas, Jairo Cavalcanti Vieira, alerta sobre o papel da população como auxiliar dos órgãos de controle. "Os municípios têm dinheiro, qualquer prefeito que disser o contrário está mentindo; O dinheiro é recebido e na maioria das vezes é desviado, comprometendo o futuro das crianças e de toda uma geração".
Na avaliação do delegado federal regional de combate ao crime organizado, Fabrizio Garbi, em geral, o desvio não envolve apenas uma pessoa, mas uma rede de criminosos. "Não podemos detalhar investigações em curso, mas há indícios de uma organização para desviar tais recursos".
Segundo a promotora de justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional (CAOp) da Educação do MPMA, Sandra Soares de Pontes, a articulação entre as instituições e órgãos de fiscalização fortalece o combate à corrupção. "As informações obtidas na auditoria vão embasar os inquéritos civis e as futuras ações por improbidade administrativa contra gestores e demais fraudadores dos recursos públicos destinados à educação", destaca.


Agricultou Antônio Braga fala das dificuldades do produtor rural a Flávio Dino
Serviços públicos de qualidade mais uma vez estiveram entre as reivindicações dos maranhenses. Passando por Altamira do Maranhão e Brejo de Areia nesta quinta-feira (28/08), Flávio Dino e Roberto Rocha ouviram apelos para mudar a realidade da região.

Atenção ao pequeno produtor, com investimentos em apoio técnico, representa um dos maiores anseios do produtor Antônio Braga, de 69 anos, que contou sobre as dificuldades para garantir a produção. “Aqui é tudo na luta, na enxada, na dificuldade”, disse ele.

Antônio Braga, morador de Altamira do Maranhão, falou ainda da esperança em dias melhores. “Nunca teve nada pra gente, mas vai ter. Porque Flávio Dino vai ser governador e vai ser o melhor que já teve”, concluiu.

As dificuldades vividas por Antônio Braga são semelhantes às vividas pelo pedreiro Antônio Sampaio, 40 anos, natural de Brejo de Areia. Ele conta que, além das complicações para receber atendimento médico, já que precisa se deslocar para Bacabal ou Coroatá, eles ainda enfrentam as dificuldades de atravessar frequentemente uma estrada sinuosa e não asfaltada.

“O perigo é muito grande. Muita gente já morreu ou se acidentou ali. E o que a gente espera mesmo é que Flávio Dino traga uma estrada boa pra gente e traga também saúde, educação e segurança. E a gente só pede o que é de direito nosso, né?”, disse ele.

Um governo para todos

Ao ouvir as demandas da região Flávio Dino garantiu que vai governar para todas as famílias maranhenses, construindo e recuperando estradas; garantindo que as escolas sejam espaços de aprendizado e convivência e colocando os hospitais do Maranhão em funcionamento, com médicos e equipamentos para atender à sociedade.

“Vamos acabar com o isolamento de Brejo de Areia da cidade e dos povoados. Vamos apoiar o pequeno agricultor. Vamos governar de modo a garantir direitos. Vamos fazer um governo que seja de fato de todos os maranhenses”, garantiu o candidato a governador da Coligação Todos Pelo Maranhão.

Com o mesmo compromisso e o mesmo empenho, Roberto Rocha confirmou que vai ser um senador atento e sensível às reivindicações do povo do Maranhão. “Nós, no Senado, faremos uma parceria com Flávio Dino para transformar o Maranhão, garantindo recursos e políticas sociais para todos os maranhenses”.
Os candidatos à Câmara Federal Simplício Araújo, Wagner Lago, José Reinaldo Tavares e Márcio Jardim participaram das caminhadas ao lado de outras lideranças, como o deputado estadual Marcelo Tavares e o ex-prefeito de Altamira do Maranhão, Arnaldo Gomes
Silvino Marques da Cruz, presidente da Associação de Catadores
A busca por melhorias para os catadores de resíduos sólidos em Santa Inês sempre foi uma prioridade da atual administração do município. Desde o inicio da gestão, em 2013, o diálogo com a classe foi estreitado via Secretaria de Meio Ambiente e Departamento de Saneamento Básico.

Depois de viabilizar transporte para os catadores se descolarem da sede para o aterro sanitário do município, localizado no Povoado Barradiço, a Prefeitura dá mais um passo para valorização destes trabalhadores que contribuem bastante para o processo de manutenção do meio ambiente por meio da seleção de resíduos sólidos que são direcionados à reciclagem. Desta vez, fomento e apoio logístico e técnico para criação da Associação de Catadores e Catadoras de Resíduos Sólidos de Santa Inês.

A Assembleia Geral de criação da associação foi realizada na última quarta-feira, 27, no auditório da Prefeitura. Cerca de 70 catadores participaram da assembleia. Após leitura do Estatuto, foi criada a Diretoria formada por 12 pessoas, sendo 6 do Conselho Fiscal. Elas foram eleitas pela plenária após candidatura anunciada no evento.

Para o Presidente da Associação, Silvino Marques da Cruz, muito mais do que histórico, este é um momento de reconhecimento da categoria.

- “Por meio da associação, nós estamos regulamentados. Isso significa que teremos mais força junto à sociedade e ao Poder Público para aquisição de mais benefícios. Unidos seremos mais vistos” – enfatiza o Presidente da Associação,Silvino Marques da Cruz.

Segundo o Diretor de Meio Ambiente, Francisco de Melo, a iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente representa todo o trabalho do órgão no que diz respeito ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos, contido na Lei 12.305/10.

- Nós sempre estivemos dando todo o suporte necessário para a categoria. Agora, após a criação da Associação – que foi uma escolha deles, ao invés de uma cooperativa – o próximo passo é providenciar a devida documentação. A organização e formalização deles foi um trabalho nosso. Pois devidamente organizada toda categoria se desenvolve mais – conclui Francisco de Melo.

Durante a Assembleia, todos os catadores tiveram o cartão de vacinação atualizado. A promoção da saúde da categoria também é uma preocupação da atual administração. O Departamento de Imunização de Santa Inês, inclusive, já esteve algumas vezes no próprio aterro para vacinar os catadores. No final do evento todos os catadores foram imunizados contra doenças infecto-contagiosas. Foto em anexo:  Presidente da Associação, Silvino Marques da Cruz, .
Numa iniciativa do vereador Batista Matos, a Câmara Municipal de São Luís realiza, a partir da próxima segunda-feira (1º), três sessões especiais para ouvir os seis candidatos ao governo do estado nas eleições de cinco de outubro.

Segundo o autor da proposição, a cada sessão serão ouvidos e sabatinados dois candidatos. Na segunda-feira Zé Luís Lago (PPL) e Josivaldo Corrêa (PCB) são os convidados. Terça-feira irão Saulo Arcangeli (PSTU) e Luís Pedrosa (PSOL), ficando os dois principais candidatos, Flávio Dino e Edinho Lobão para a quarta-feira.
Conforme Batista Matos, cada candidato terá 30 minutos para expor suas ideias e os vereadores interessados em questioná-los terão cinco minutos para formular a pergunta. Ao final de cada sessão, os candidatos assinarão carta-compromisso para promover parcerias com a cidade.

   
Muitas pessoas ainda não compreendem a razão do ex-prefeito de Caxias, Humberto Coutinho (foto), candidato a deputado estadual, ter tanta força eleitoral e por consequência política.

Agora mesmo na cidade de Caxias, o prefeito Léo Coutinho está inaugurando diversas obras como postos de saúde, Creches, sistema de abastecimento de água, escolas, campos de futebol e ginásio de esportes, 73 km de canalização de água e um maravilhoso balneário público graças a projetos e recursos conseguidos pelo tio, quando era prefeito.

Quando era prefeito, a dupla Humberto Coutinho – prefeito, e Flávio Dino – Deputado Federal, conseguiu junto ao governo federal recursos para construção de oito mil casas, dezenas de praças esportivas, centenas de quilômetros de asfalto entre centenas de outras realizações que assegurou ao candidato a deputado estadual pelo PDT uma das mais vistosas administrações do interior maranhense.

Outra característica que adversários e aliados reconhecem em Coutinho é sua capacidade de honrar compromissos. Todo e qualquer compromisso que faz, seja financeiro ou político, Humberto cumpre.

Vem daí o prestígio, a força e a liderança política de Humberto Coutinho. Realização, aprovação popular, compromisso e seriedade. Coisas raras no mundo da política.

 
Marcio Jerry e Carlos Lula protocolaram na PF denúncia contra autor de boataria
O presidente do PCdoB, Márcio Jerry, protocolou, nesta manhã de quinta-feira (28), pedido de investigação sobre uma série de boatos calunioso que andam plantando nas redes sociais de internet contra o candidato da coligação "Todos pelo Maranhão", Flávio Dino. O dirigente comunista apresentou à Polícia Federal e à Procuradoria Regional Eleitoral indícios da autoria e difusão do crime.

Segundo nota oficial distribuída à imprensa, o presidente do PCdoB informa que na tarde da última quarta-feira (27 de agosto de 2014), o superintendente da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, senhor Adailton Silva Soares Borba, registrou em um grupo de whatsapp que reúne diversos jornalistas maranhenses mais um dos boatos espalhados pela campanha do senhor Edinho Lobão para tentar macular a imagem e a honra de Flávio Dino;

Segundo Jerry, “é sabido que fatos como este configuram crime tipificado no Código Eleitoral pelo art. 324 (Lei 9.504/97). “Caluniar alguém, na propaganda eleitoral, ou com fins de propaganda, imputando-lhe falsamente fato definido como crime”, diz a letra da lei, que determina como pena de seis meses a dois anos de prisão. No parágrafo 1º deste artigo, a lei imputa o mesmo crime a quem difundir e divulgar a calúnia, sabendo-a inverídica”.

Diante da gravidade das mentiras e falsas acusações contra o líder nas pesquisas, os dirigentes do partido solicitaram uma audiência com o Superintendente da Polícia Federal, para que possam cobrar da instituição uma rigorosa investigação sobre os autores dos crimes cibernéticos.  

Conforme um dos trechos da nota, “a gravosidade do tema e os níveis inimagináveis a que chegou a campanha difamatória comandada pelo candidato Edinho Lobão e seus padrinhos políticos, informamos aos órgãos competentes o nome do senhor Adailton Silva Soares Borba para que este esclareça se foi o autor do texto calunioso. Em caso de negativa, informe de onde recebeu tal texto para que seja descoberta a origem primeira da calúnia e ela possa ser efetivamente punida”

Jerry informou ainda o endereço onde o referido membro do Governo do Estado nomeado pela senhora governadora Roseana Sarney pode ser encontrado para prestar os esclarecimentos devidos à sociedade maranhense;

“O PCdoB e todos os partidos que compõem a coligação “Todos pelo Maranhão” acreditam no trabalho da Polícia Federal e da Procuradoria Regional Eleitoral para investigar, apurar e elucidar a origem de boatos espalhados de forma criminosa, com o único intuito de confundir a opinião pública e com isso tentar reverter a desvantagem eleitoral em que o candidato Edinho Lobão se encontra”, enfatizou o presidente do PCdoB.
O presidente do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, irá à Superintendência da Polícia Federal em São Luís, nesta quinta-feira (28), às 10h. Ele apresentará provas do envolvimento de servidor do governo estadual na divulgação de boatos contra Flávio Dino.
Dino vem sendo vítima de perseguição dos veículos de comunicação do grupo Sarney e de aliados  do candidato Edinho Lobão, que resolveram transgredir a lei espalhar boatos na internet, atribuindo a ele frases que nunca pronunciou.       
 
A onda de boatos começou desde que as pesquisas eleitorais indicaram o estagnamento de Edinho Lobão e o franco favoritismo do candidato da coligação "Todos Pelo Maranhão", mas um dos autores do crime cibernético será informado à Polícia Federal.                       

Assista vídeo para entender o caso: http://youtu.be/FywjFAkdbas

 
Jornal Pequeno

A aposentada Lenita Lago Bello, proprietária do imóvel onde funciona o principal comitê do candidato a governador do Maranhão, Lobão Filho, no Parque Atlântico, área do Olho D´Água, moveu uma ação de despejo na 16ª Vara Cível de São Luís contra a imobiliária Cantanhede & Cantanhede Ltda. Lenita Bello solicita a devolução do imóvel, que, segundo ela, está sendo cedido à campanha eleitoral do peemedebista de forma irregular. O pedido, que foi feito à Justiça no dia 19 de agosto, inclui, também, pagamento do valor de mensalidades correspondentes ao uso da casa.

 
Localizado na Rua Albatrozes, 05, Parque Atlântico, o comitê de Lobão Filho foi inaugurado nos primeiros dias de campanha. No entanto, a proprietária afirma na ação que a utilização do imóvel para a campanha fere o contrato feito entre ela e a imobiliária.

Antes de ser cedida à campanha de Lobão Filho, a casa foi alugada por três anos à imobiliária Cantanhede & Cantanhede. O contrato venceu em 4 de julho de 2014 e a proprietária afirmou não ter interesse em renovar o aluguel.     

Segundo Lenita, ao pedir as chaves do imóvel aos empresários Valter e Wemerson Cantanhede, estes não as repassaram. Dias depois, ela foi informada de que o imóvel seria usado na campanha do PMDB. A proprietária disse que procurou a coordenação da campanha de Lobão Filho para reaver a posse do imóvel, mas foi informada de que nele já estava sendo montada toda a estrutura de campanha do candidato apoiado pelo governo, e que teve a informação de que a casa teria sido doada pela imobiliária à campanha. Ela informou à Justiça não ter nenhum contrato vigente com a empresa ou com a campanha de Lobão Filho.

“Isso é uma invasão. A casa está um pardieiro. Está lá, com o comitê, mas invadiram, porque não cedi o imóvel nem para a empresa nem para a campanha”, disse Lenita.

Além do pedido de despejo, Lenita Belo pede o ressarcimento dos débitos anteriores, que somam R$ 52.372,58.
 
A ‘doação’ do comitê não está registrada na primeira parcial da prestação de contas apresentada pela coligação de Lobão Filho à Justiça Eleitoral, disponível para consulta no site do Tribunal Regional Eleitoral.

Além destes pedidos, Lenita afirma que a empresa que alugou seu imóvel por três anos deixou de pagar o IPTU à Prefeitura de São Luís. O débito com o imposto municipal, segundo a proprietária, é de R$ 22.373,00.

Contrato de comodato – Procurada pelo Jornal Pequeno, a assessoria de imprensa do candidato do PMDB informou que “há um contrato de comodato da Imobiliária Cantanhede&Cantanhede com a campanha do senador Lobão Filho. “Recebemos em doação o contrato de comodato da empresa para a campanha. O contrato está vigente e dentro da legalidade”, garantiu a assessoria.
A campanha não achou necessário comentar a relação existente entre a dona do imóvel e a imobiliária, alegando que o candidato a governador não é a parte da ação ajuizada na Justiça estadual.

“A ação ajuizada na 16ª Vara Cível da Capital diz respeito tão somente à proprietária do imóvel e à empresa imobiliária”, concluíram os assessores de Lobão Filho.

 

27 de ago de 2014

bira marina
A candidata a presidente da República Marina Silva (PSB) declarou seu apoio para deputado estadual no Maranhão. Em inserção de TV e rádio na propaganda eleitoral gratuita veiculada desde a semana passada, Marina pede voto para Bira do Pindaré (PSB) 40100.
Marina reconheceu o mandato e militância política de Bira sempre comprometido com a defesa dos direitos humanos e com o desenvolvimento sustentável. A candidata também destacou que a transformação na política se faz elegendo pessoas com o engajamento social do deputado Bira.
A inserção de Marina pedindo voto para Bira foi ao ar, pela primeira vez, na última sexta-feira (22) e será reprisada nesta quarta-feira (27). De acordo com a pesquisa de intenções de voto do IBOPE a candidata Marina Silva está em segundo lugar com 29% e se o segundo turno fosse hoje, ela venceria as eleições com 45% dos votos.




Os deputados Raimundo Cutrim (PCdoB) e Waldir Maranhão (PP) inauguraram nesta terça-feira (26) um comitê político na Av. São Marçal próximo a rotatória do exército no João Paulo.
 
Uma multidão lotou as ruas, praças e a avenida São Marçal, todos eufóricos para darem as boas-vindas aos deputados e consequentemente aos candidatos a Senador Roberto Rocha e Flávio Dino nosso futuro governador que se fizeram presentes na festa de inauguração.
 
Em sua fala, Raimundo Cutrim disse que este é o momento de agradecer ao povo do Maranhão pelos mais de setenta e três mil votos que recebeu para o seu segundo mandato de deputado estadual. “Me faltam palavras para expressar a honra que recebi em poder representar o povo maranhense na assembleia legislativa do meu Estado”, frisou o parlamentar.
 
Flávio Dino conclamou o povo a votar na chapa “o Maranhão é de todos nós” e foi mais além, “eu preciso do deputado Raimundo Cutrim eleito para me ajudar na área de Segurança Pública”, disse o líder comunista.
othelino netoEm resposta a provocações de governistas, o deputado estadual Othelino Neto afirmou, na sessão desta terça-feira (19), que a bancada de oposição quer discutir, sim, a questão da greve dos professores de São Luís, no entanto não aceita desviar o foco das investigações sobre a denúncia de suposto suborno e propinagem contra o governo do Maranhão, que envolve a empresa Constran.
Segundo o parlamentar, a negociação com a categoria do magistério da capital está em andamento e o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, está empenhado em resolver a situação.
Para Othelino Neto, a greve dos professores é um assunto da maior importância é e a questão tem que ser resolvida o quanto antes. Ele disse que a negociação não parou e que o prefeito é um homem de postura, um político aberto, reconhecido pela sua capacidade de dialogar.
O parlamentar disse que a Assembleia pode discutir o assunto da greve à exaustão, muito embora a Câmara Municipal de São Luís, que deve ser intermediária no processo de negociação, seja o ambiente onde a questão deve ser discutida, mas não pode deixar de lado o caso Constran, que evidenciou um suposto esquema de suborno contra o governo, envolvendo, inclusive, a governadora Roseana Sarney.
“A Polícia Federal investiga altos membros da cúpula do governo do Maranhão por envolvimento com o recebimento de propina. Então, nós não podemos tapar o sol com a peneira”, comentou.
Othelino lembrou que a Oposição tem um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito, para a qual coleta assinaturas, e reiterou que a bancada não tem medo de discutir nada.
“A governadora foi pega na mentira. Ela disse que pagou o precatório da Constran por ordem judicial e o Tribunal de Justiça disse que não determinou nada. Eu quero que vocês aprovem, bancada governista, o requerimento de convocação dos secretários para possibilitar que eles se expliquem aqui nesta Casa e vamos assinar a CPI”, assinalou.
 
A deputada Cleide Coutinho (PSB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, para confirmar que apesar de sua candidatura ter sido deferida por seis votos a zero pelo TRE, o candidato do seu grupo político para representar o povo de Caxias e o Estado do Maranhão, é o ex-prefeito Humberto Coutinho. Desse modo reafirmou que não será candidata nessas eleições.
A parlamentar comentou que durante todo o final de semana participou de reuniões políticas, caminhadas e carreatas em  vários municípios, onde prefeitos, lideranças e milhares de eleitores declararam apoio ao candidato a governador, Flávio Dino (PC do B) e ao  candidato à deputado Estadual, Humberto Coutinho.
Em Aldeias Altas, os candidatos Flávio Dino e Humberto Coutinho receberam o apoio do jovem líder político, Magno Bacelar Júnior e de sua mãe, Senhora Fernanda Bacelar. A deputada em seu pronunciamento fez referência ao futuro politico promissor do jovem Magno, que demonstrou ideal e aptidão politica. Com o mesmo entusiasmo, a comitiva composta também pelo candidato a vice governador, deputado federal Carlos Brandão e pelo ex governador e candidato a deputado federal José Reinaldo, foram recebidos em Colinas pelo ex  prefeitos Zé Henrique Brandão e em São Domingos pelo Prefeito Tratorzão,  que transformaram as inaugurações dos respectivos comitês em verdadeiros comícios, a exemplo do grande comício que aconteceu em Caxias, no último sábado.
ESTELIONATO ELEITORAL
No pronunciamento, a deputada Cleide Coutinho também denunciou a ausência de critérios e a disparidade no repasse de R$ 70 milhões do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), para vários municípios, não sendo, entretanto contemplando nenhum município cujos prefeitos não apoiam o candidato a Governador do grupo politico da governadora Roseana Sarney.
A parlamentar deixou claro que não é contra os municípios receberem recursos para investimentos na saúde, até mesmo porque a população precisa e merece. “Queremos saber é qual foi o critério que o Governo do Estado adotou para repassar esses R$ 70 milhões. Isso sim, caracteriza um estelionato eleitoral”, denunciou.
De posse de documentos, a deputada mostrou  que Bom Jesus das Selvas (com 28 mil habitantes) recebeu R$ 700 mil; Miranda do Norte (com 24 mil habitantes) recebeu R$ 9,3 milhões,; Cedral (com 10 mil habitantes) recebeu R$ 800 mil e São Luis Gonzaga (com 20 mil habitantes) recebeu R$ 1 milhão.
Enquanto isso, as cidades que não apoiam a candidatura oficial do governo, nada receberam, como exemplo citou Caxias que (160 mil habitantes) nada recebeu desse repasse de 70 milhões. Ao contrário, teve infelizmente perda de R$ 50 milhões da saúde, retirados pela governadora Roseana Sarney, ao longo do seu governo.
Também citou que os munícios de Timon (com 150 mil habitantes), São Mateus (com 29 mil habitantes), Santa Inês (com 87 mil habitantes) e São Domingos (32 mil habitantes), não receberam também nenhum centavo.
Concluiu seu pronunciamento, dizendo que essas injustiças vão acabar, pois com Flávio Dino no governo teremos um Maranhão que o povo merece e precisa.
Design de NewWpThemes