23 de mar de 2015

Atendendo convite do Governo do Estado, o ativista Frei Betto, será o expositor do painel ‘Pobreza e Políticas Públicas’, realizado às 17h30 desta segunda-feira (23), no teatro Alcione Nazareth, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Praia Grande – Centro Histórico de São Luís. O governador Flávio Dino e outros membros do governo participarão do debate.

Escritor, ativista de movimentos sociais e religioso dominicano, Carlos Alberto Libanio Christo, 68 anos, o Frei Betto, é o embaixador do Maranhão na luta pela superação dos indicadores sociais. Nesta posição, ele é mais um forte aliado para melhorar o quadro social do estado.

Para diminuir as desigualdades e fazer com que as riquezas naturais e potencialidades econômicas do Maranhão sejam utilizadas em prol de todos, o governador Flávio Dino está implantando uma política ousada de combate à pobreza e ao analfabetismo no estado, promovendo também o acesso à saúde preventiva.

Uma dessas iniciativas é o Plano de Ação ‘Mais IDH’ que já começou a atuar nos 30 municípios com piores indicadores de desenvolvimentos humano do Maranhão.

Atualmente, o Maranhão é o penúltimo colocado no ranking dos estados na avaliação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que mede a qualidade de vida das pessoas em todo o mundo. O índice tem como referência os indicadores de Saúde, Educação e Renda avaliados por município, estado e país.

‘Mais IDH’

O Plano de Ações ‘Mais IDH’ é carro-chefe do conjunto de políticas públicas propostas pelo governador Flávio Dino para diminuir as desigualdades sociais do Estado. Além disso, o governador tem articulado, com todas as secretarias e órgãos da estrutura governamental, outros programas que beneficiem a população mais pobre do Maranhão, exemplo disso, é programa ‘Escola Digna’ que pretende erradicar do estado todas as escolas de taipa e palha, com estrutura inadequada para a aprendizagem dos estudantes maranhenses.

 
Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes