31 de mar de 2015

O ex-secretário de Planejamento do governo Roseana Sarney, João Bernardo Bringel, não compareceu para depor na Secretaria de Transparência e Controle sobre os chamados gastos secretos, onde 60% das despesas públicas não constavam do Portal da Transparência.

O depoimento estava marcado para hoje pela manhã e o ex-secretário foi intimado para esclarecer sobre a inserção dos filtros indevidos inseridos no sistema financeiro Siafem para impedir a publicidade de determinadas despesas, como as transferências fundo a fundo na Saúde e as transferências para entidades privadas sem fins lucrativos.

Com informações do Marrapá
Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes