14 de mai de 2015

A deputada Andrea Murad reagiu contra a decisão do presidente do PMDB, senador João Alberto de Sousa, de solicitar sua desfiliação do partido e do seu pai, o ex-secretário Ricardo Murad.

“Só saio do PMDB quando que eu achar que devo sair. Não acredito que ele tenha dito isso da deputada mais votada do partido, além do mais o presidente Sarney me quer no partido, a ex-governadora me quer e o senador Edison Lobão me quer, esbravejou a deputada na tribuna.

A parlamentar, pelo visto, acusou o golpe, pois mostrou revolta com o fato do governador Flávio Dino ter “retuitado” a informação divulgada ontem por vários blog’s sobre a crise no PMDB e o convite feito por João Alberto para que pai e filha procurem outra legenda.    


Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes