15 de mai de 2015


Oficialmente instituído na semana passada, o Matopiba é considerado a última fronteira agrícola do país, formada por territórios dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, que receberão investimentos e assistência para aumento da produção agrícola e crescimento da classe média rural, o que se alinha a uma das principais metas da gestão do governo Flávio Dino. O governador Flávio Dino e sua equipe, formada por secretários e representantes das pastas de Agricultura e Pecuária (Sagrima), Pesca e Aquicultura (Sepaq), Indústria e Comércio (Seinc) e Mulher (Semu), além da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), participaram do seminário realizado pela ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, nesta quinta-feira (14), durante o Agrobalsas 2015.

Durante o seminário, além de apresentar as principais metas do governo federal para a região, a ministra ressaltou o empenho do governador Flávio Dino de ver o estado crescendo e se desenvolvendo no setor primário. “O Flávio Dino foi um dos primeiros governadores a vir ao meu gabinete conversar sobre a produção do seu estado. Essa vontade, somada a vantagens estratégicas, como o Porto do Itaqui, fazem o Maranhão ter um grande potencial”, observou a ministra Kátia Abreu.

Demonstrando que essa vontade está, gradativamente, se tornando realidade e seu alinhamento com os objetivos do ministério, o governador ressaltou a importância do acesso à assistência técnica, por meio da Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) e Agência Estadual de Pesquisa e Extensão Rural (Agerp) e apresentou ao povo de Balsas uma série de medidas para a região, como a criação de um ‘Espaço do Empreendedor Rural’, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio (Seinc) e auxílio na infraestrutura da cidade, com 10 km de asfaltamento. “O foco principal dos nossos investimentos é o desenvolvimento econômico e social do Maranhão. Para isso, apresentamos um programa firme, claro e prioritário de assistência técnica e de apoio em várias vertentes. Por isso, estamos fortalecendo os órgãos de apoio à produção no Maranhão para que, com isso, possamos melhorar a economia do nosso estado”, continuou o governador Flávio Dino.

No Anel da Soja, o governador anunciou a finalização de três trechos de estradas e o levantamento de custos da recuperação da rodovia MA-006, considerada espinha dorsal do estado e fundamental no escoamento da produção, assim como o Porto do Itaqui, apresentado por ele, como uma importante solução logística para toda a região do Matopiba.

O secretário de Agricultura e Pecuária, Márcio Honaiser, ressaltou o emprenho do Governo do Estado e os benefícios da parceria com o governo federal. “O governo do Maranhão não tem medido esforços para oferecer as condições necessárias ao crescimento da produção agropecuária e melhoria da qualidade de vida no campo. Esse encontro aqui hoje já mostra que a parceria entre governo federal e governo do Maranhão já está sendo muito benéfica para o nosso estado”.

Pedra Fundamental

Além do seminário promovido pelo Mapa, o governador participou ainda da inauguração da pedra fundamental de uma nova unidade operacional da Nottaro Alimentos em Balsas, que contará com fábrica de ração, granjas matrizes, incubatório e frigoríficos, gerando mais de R$ 50 milhões, com mais de 90% revertidos para o estado, com emprego, renda e dinamização da economia na região sul.

Agrobalsas 2015

No primeiro ano de gestão do governador Flávio Dino, a participação do Governo do Maranhão na Agrobalsas está mais forte, com a presença das secretarias do setor produtivo (Agricultura e Pecuária, Agricultura Familiar e Pesca e Aquicultura), além da Secretaria da Mulher, Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) e Agência Estadual de Pesquisa e Extensão Rural (Agerp), que apresentaram as principais ações dos primeiros quatro meses de governo e realizam palestras e qualificações durante a feira.

O Governo do Maranhão teve presença de destaque na Agrobalsas 2015 também apresentando o Porto do Itaqui como ferramenta estratégica para alavancar a fronteira agrícola do Matopiba. Para o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, esta edição da Agrobalsas marca mais uma vez a importância da região sul, fundamental para o desenvolvimento do estado, estar conectada com o Porto do Itaqui. “Com o início das operações do Terminal de Grãos, o Tegram, essa conexão se consolida ainda mais. Queremos que o Porto tenha um papel cada vez maior na geração de riqueza para todo o Maranhão”, afirmou.
Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes