15 de abr de 2015



O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré, recebeu, na manhã desta terça-feira (14), do diretor geral do Instituto de Estudos Superiores do Maranhão - Faculdade Católica (Iesma), padre Abraão Marques, e do coordenador do curso de Filosofia do Iesma, padre Antônio José Soares, a proposta de uma parceria para trazer as pós-graduações da Pontifícia Universidade Católica (PUC) para o Maranhão.  “Ampliar o número de mestres e doutores é uma das nossas metas”, adiantou Bira.

Atualmente, existem apenas 1.440 doutores e 3.369 mestres em todo Maranhão. Um número considerado extremamente baixo, sobretudo, quando se mede a proporcionalidade para cada mil habitantes. Segundo o secretário, quando iniciou sua gestão na Secretaria de Ciência e Tecnologia, uma das primeiras providências foi traçar o diagnóstico da situação do ensino técnico, profissionalizante e superior no Maranhão.

“Os números são alarmantes. Então, traçamos a meta de aumentar quantitativa, e qualitativamente, os mestres e doutores no Maranhão. Já abrimos diálogo com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) para trazer as pós-graduações da área aeroespacial, estamos discutindo a instalação de mestrado na Região Tocantina e, agora, temos mais essa proposta louvável de trazer as pós-graduações da PUC para o Maranhão, além do trabalho que será desenvolvido pela Uema, Iema, Ufma e o suporte da Fapema”, elencou.


O padre Abraão agradeceu a disposição do governo do Maranhão em receber a proposta e destacou que a iniciativa é muito importante para a população maranhense. Para ele, um cidadão pós-graduado gera benefícios não apenas para ele, mas para toda a comunidade.
Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes