14 de abr de 2015

Parlamentares ligados à base de sustentação da administração estadual usaram a tribuna da Assembleia Legislativa nesta manhã de terça-feira (14) para destacar as mudanças promovidas no Maranhão em apenas três meses de meses da gestão Flávio Dino. Segundo os parlamentares, em apenas 100 dias de governo foram dados passos significativo em diversas áreas, principalmente no que diz respeito a transparência e compromisso com controle dos recursos públicos.

Líder do governo, Rogério Cafeteira (PSC) destacou o diálogo do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) com o Ministério do Trabalho para solucionar problemas herdados da gestão passada. Ele também ressaltou que a partir dos compromissos assumidos pelo Estado foi possível uma economia de R$ 10 milhões aos cofres públicos. “O diretor-geral do Detran procurou o Ministério do Trabalho para que fosse feito um acordo, pois a multa é astronômica, impagável”, afirmou Cafeteira.

Para o deputado Othelino Neto (PCdoB) a aprovação popular do governo nesses 100 primeiros dias é reflexo do compromisso do governador com a erradicação de extrema pobreza. “Repito: o Maranhão está diferente. Não é à toa que 73% da população do Maranhão, segundo pesquisa do Instituto Exata, aprovam o governo Flávio Dino”, observou.

Conforme Othelino Neto, dentre as mudanças está o trabalho de apoio aos municípios, como Imperatriz, que sofreu com a falta de parcerias com o Estado, nos últimos anos, para solucionar os problemas da cidade. Ele afirmou que o modelo de gestão que está sendo impresso na administração estadual vai combater a extrema pobreza, que historicamente foi perpetuada por um modelo econômico e político concentrador que enriqueceu alguns poucos.

“A pobreza do Maranhão não surgiu do nada. Ela não é resultado de algo abstrato, ela é resultado objetivo e concreto de um modelo econômico e político concentrador que enriqueceu alguns e empobreceu milhões”, disse.
Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes