17 de abr de 2015

O Supremo Tribunal Federal acabou com o factoide criado pelo que restou da oligarquia Sarney para tentar atrapalhar o processo de licitação para a contratação das OS e Oscips que vão administrar os hospitais da rede estadual.  O STF declarou inconstitucional a lei que regulamenta organizações sociais e sua contratação sem licitação pelo Estado.     

A informação foi dada em primeira mão pelo secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Lago, através das redes sociais. A decisão do Supremo mostrar mais uma vez que a intenção do grupo que perdeu a eleiçãoem perseguir e prejudicar o perfeito funcionamento nos hospitais da rede pública com o único propósito de tirar proveito político.


Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes