7 de mai de 2015

A prisão de agiotas deixou os chefes e chefetes da oligarquia Sarney em polvorosa.

Os mais preocupados são Ricardo Murad e Roseana Sarney. Fontes ligadas ao grupo Sarney confirmam que os dois temem que o agiota Pacovan conte tudo que sabe sobre ligações deles com a agiotagem.

O desespero fez com que Roseana Sarney convocasse reunião de emergência com alguns aliados mais próximos. O encontro foi confirmado a este blog por dois deputados ligados à ex-governadora.

Acusada de receber propina do doleiro Yousseff e investigada pela PGR na operação Lava-jato, a filha de Sarney tenta evitar mais um escândalo nacional.

Por outro lado, o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad, cunhado de Roseana Sarney, vê a cada dia as auditorias desnudarem sua gestão nada convencional à frente da pasta.

Os indícios de irregularidades da gestão Murad repercutiram nacionalmente e até aliados de Sarney como o deputado Roberto Costa falam abertamente sobre as suspeitas de corrupção que pesam sobre ele.

Ontem, o peemedebista chegou a ameaçar pedir CPI da Saúde durante bate-boca com deputado Souza Neto, genro de Murad. Costa foi além e sugeriu à deputada Andrea Murad que pedisse a expulsão do pai dela do PMDB.

Como se vê a cada passo dado pela polícia nas investigações da lava-jato e da agiotagem Roseana Sarney e Ricardo Murad vivem o pesadelo de ter que prestar contas às autoridades policiais federal e estadual.


Reações:

0 comentários :

Design de NewWpThemes